3 situações que não precisam ser difíceis na escola

3 situações que não precisam ser difíceis na escola

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 9:40

1) Quando seu filho troca de escola: algumas instituições têm um projeto especial para receber quem chega de outra escola. No colégio Albert Sabin (SP), por exemplo, alguns veteranos são nomeados como tutores. No primeiro dia do novo aluno, a professora apresenta-o à turma e convida uma criança-tutora para acompanhá-lo pela escola até que se sinta mais seguro.

2) O contato com um novo professor: para cada mudança não ser um trauma, é importante que a criança não tenha apenas um professor desde o primeiro ano na escola, pois assim colhe várias referências e cria laços afetivos com muitas pessoas. Na educação infantil, ela pode ter um professor, aquele que a acompanha por mais tempo, e outros distintos, como o de artes e o de esportes, por exemplo.

3) Os amigos não estão mais na mesma sala (ou até foram para outra escola): pode parecer cruel, mas, no período de adaptação, é bom restringir o contato com estes colegas. Tudo para que seu filho esteja o mais receptivo possível aos novos. Quando essa transição acabar, aí sim a turma aumenta de novo e muitas novidades serão trocadas e compartilhadas.    

veja também