A segunda milha

A segunda milha

Atualizado: Terça-feira, 22 Abril de 2008 as 12

A segunda milha

Em um daqueles seus ensinos inesperados, Jesus disse: "Se te obrigarem a andar uma milha, anda com ele duas" (Mateus 5:41).

Isto se aplica aos relacionamentos humanos? Sim, ele se aplica, apesar de não ser nada fácil.

Esta atitude poderia receber vários títulos. Um, pelo menos, se encaixa direitinho. É a atitude da longanimidade. Palavra comprida, que contém mais de um significado. Ser longânimo é reagir com paciência, é expressar o lado saudável da gente, é acreditar que o bem tem mais poder do que o mal. Por que, então, em nossas desavenças raramente expressamos longanimidade? Por que, em nossas brigas, fincamos pé e não andamos nem sequer a primeira milha?

Porque longanimidade é uma atitude que só o Espírito de Cristo desenvolve em nossa personalidade. Somente casais que aceitam a Cristo e amem a Cristo experimentam o privilégio de andar a segunda milha.

Andar a segunda milha nunca é fácil. Seus resultados, entretanto, são construtivos e abençoados: eles vão muito além da segunda milha.

veja também