Aborto pode aumentar os riscos de separação , diz pesquisa

Aborto pode aumentar os riscos de separação , diz pesquisa

Atualizado: Terça-feira, 6 Abril de 2010 as 12

Viver o trauma de um aborto ou do parto de um natimorto pode aumentar os riscos de o casal se separar, segundo recente estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Avaliando dados de mais de 7,7 mil gestações registradas pela Pesquisa Nacional do Crescimento Familiar, os pesquisadores descobriram que os casais que perdem um filho pelo aborto têm 22% mais chances de se separar em um período de três anos após o evento. E aqueles que tiveram parto de natimorto têm 40% maior risco de separação em nove anos.

"O aborto e o parto de natimorto podem ser eventos fortes e traumáticos para as famílias" destacou a ginecologista e obstetra Katherine Gold, líder do estudo, em artigo publicado na edição de abril da revista Pediatrics. "Enquanto muitos casais se tornam mais próximos após a perda, se um casal vinha brigando antes da perda, isso pode ser um grande estresse para o seu relacionamento, concluiu a pesquisadora.

veja também