Acabe com a distância que existe entre pai e filho

Acabe com a distância que existe entre pai e filho

Atualizado: Sexta-feira, 7 Agosto de 2009 as 12

Na semana dos pais, é essencial mostrar que a família é uma instituição extremamente importante e a figura do pai tem caráter valioso na construção da estabilidade psicológica dos filhos. No mundo moderno, é cada vez mais comum a separação dos casais. Além disso, com o advento do DNA, criou-se um novo conceito de família, onde muitas vezes o homem é solicitado apenas para pagar despesas e depositar a pensão alimentícia. Como o pai deve se portar quando não há qualquer aproximação com o(s) filho (s) e a relação com a mãe é extremamente distante?

Apesar das dúvidas de como se aproximar e da falta de tempo, é fundamental priorizar a educação e estreitar uma ligação que será para toda a vida. Para as famílias que vivem esse tipo de situação deve ser realizada uma profunda conversa e deixar de lado qualquer desavença pelo bem dos filhos.

O pai deve ter consciência de que é responsável pela criança, assumindo-o como filho e saber que a mulher é apenas mãe e não esposa. O homem não deve projetar sentimentos negativos em relação à mulher e por isso se afastar de seu filho.

Hoje em dia, com a guarda compartilhada, a família pode desfrutar de momentos separados com os filhos, sem a necessidade de atritos.

Algumas dicas são excelentes para os pais que atravessam esse tipo de situação e necessitam de aproximação.

Buscar o filho na escola, levar para almoçar e passar momentos agradáveis com ele. Procurar saber com quem a criança se relaciona. Organizar pequenas reuniões em casa para conhecer os colegas dele. Viagens e passeios culturais com a família do pai podem ser de grande valia para ambos. Reuniões escolares são excelentes para saber como anda o rendimento do filho. Alternar com a mãe as visitas à escola. Se a criança tiver mais de 6 anos, o pai pode presenteá-la com um celular. A aproximação entre os dois será maior. Postado por: Felipe Pinheiro

veja também