Adulto na hora certa

Adulto na hora certa

Atualizado: Quarta-feira, 30 Abril de 2008 as 12

Seus filhos andam muito vaidosos? Mal chegou a adolescência e sua filha já não sai de casa sem salto? Fique atenta, pois o problema pode se tornar caso médico! "Não que a vaidade não seja boa, mas é preciso dosá-la. Não há benefício nenhum em antecipar a fase adulta", explica o ortopedista Marcelo Acherboim. Ele conta que seus pacientes são cada vez mais jovens. Os meninos por causa do abuso de esportes ou exercícios de musculação e as meninas devido o uso freqüente de salto alto ainda na infância.

O levantamento de peso, por exemplo, pode desenvolver tendinites afetando a cartilagem de crescimento. Tudo porque o menino utiliza o ponto de apoio do músculo, que é o osso, não totalmente formado. O programador Flávio Luis Bei, praticou Kung Fu desde os 13 anos. A experiência precoce e excessiva do esporte lhe rendeu uma cirurgia de reconstrução no ombro e hoje, com 23 anos, sofre de dores freqüentes no local. "A idade ideal para iniciar a atividade é a partir dos 18 anos", afirma o ortopedista.

Já as meninas arriscam a saúde da coluna e dos pés por causa do salto alto. O médico explica que o pé tem a função de suportar o peso do corpo em toda sua extensão. A transferência do peso para a região anterior pode causar dores musculares, problemas na postura, encurtamento dos músculos da panturrilha e dores lombares. "Tive uma paciente de 21 anos que chegou ao consultório contando que usava salto desde os 13. Pedi para tirar o sapato e ela não conseguia colocar o calcanhar no chão. Andava na ponta dos pés", recorda. Então, lembre-se: criança precisa ser criança.

FONTE: DNA MULHER

Postado por Nany de Castro

veja também