Aprenda a escolher o tênis ideal pra você

Aprenda a escolher o tênis ideal pra você

Atualizado: Segunda-feira, 21 Julho de 2008 as 12

Não é só no verão que o nosso corpo precisa de cuidados. Na verdade, é geralmente no inverno que tomamos aquele susto, após um mês de chocolates e comidas mais pesadas, não é? Então, que tal evitar a crise e já ir praticando uma atividade física? O primeiro passo é escolher o que mais combina com você: se não está acostumada a atividades intensas, comece com uma caminhada. Agora, é hora de escolher seus companheiros inseparáveis: os tênis.

Andrea Arruda é ortopedista especializada em esporte, e convive diariamente com atletas de todos os tipos: de profissionais a jogadores de final de semana. Por isso, sabe a importância do calçado para a prática de qualquer esporte. "Da mesma maneira que não usamos o mesmo tipo de roupa para praticar os diversos tipos de atividade física, devemos também escolher o calçado adequado para esportes tão distintos", diz.

A diferença, explica a especialista, começa pelo solado e pelo sistema de amortecimento. Alguns tipos de solo, como o saibro, exigem um solado específico. Mas é sempre importante pensar em onde se está pisando: para terrenos muito acidentados, um solado mais rígido. Se o piso é mais liso, escolha algo emborrachado, que não escorregue. Já o amortecimento varia de acordo com o impacto do exercício. Corrida, caminhada e algumas aulas de academia, como body combat ou step, precisam de um bom amortecimento, para que as articulações não sejam sobrecarregadas. Mas preste atenção no tipo de amortecimento: para a professora Tathiana Martins, da Competition, tênis com molas devem ser evitados.

A liberdade de movimento também conta muito na hora de escolher o calçado esportivo. Para alguns esportes, como o basquete e o trekking, é interessante dar uma proteção extra aos tornozelos, com canos um pouco mais altos que limitam os movimentos. Mas a mesma proteção não vale para o futebol ou uma dança, por exemplo. Esses precisam de muita liberdade nos pés, por isso pedem calçados leves e flexíveis. Exercícios sem impacto e que valorizam a sensibilidade dos pés, como o alongamento, Yoga e Pilates, normalmente dispensam os calçados. Mas, se for preciso, prefira algo bem levinho e flexível, como uma sapatilha.

Agora, olhe para os seus pés. Vê alguma lesão, pequeno machucado, unha encravada? Se a resposta for "sim", tome cuidado. Usar um tênis que pressione constantemente o local pode atrapalhar a cicatrização. A dica da doutora, nesse caso, é substituir a atividade (trocar a corrida pela bicicleta, por exemplo, pois o impacto é menor) ou usar temporariamente um tênis mais velho, que esteja um pouco mais folgado.

Na hora da compra, todas essas regras vão ajudar. Mas, acima delas, o que vai determinar qual é o tênis ideal para cada pessoa é o conforto. "O mais importante é escolher um tênis que se adapte bem ao seu pé e não tentar fazer o seu pé se adaptar aos tênis que você escolheu", aconselha Andrea Arruda. Ou seja: comprar aquele tênis caríssimo só porque está na moda não vai ajudar. Experimente sempre os dois pés na loja, ande um pouco, sinta se eles estão confortáveis. Só então, escolha seus parceiros de exercícios.

veja também