Aprenda a fazer consertos básicos nas roupas

Aprenda a fazer consertos básicos nas roupas

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

Não é preciso ser especialista para fazer consertos básicos. Aprenda técnicas que exigem apenas habilidade mínima

Kit básico de costura

Arrume uma cesta ou uma caixinha e coloque dentro:

Botões diversos Agulhas de tamanhos variados Linhas de cores variadas Tesoura de costura (os modelos leves, com 15 ou 18 cm, são os melhores) Alfinetes (uma barra de sabão pode servir bem de almofada para espetá-los. Além de acomodar alfinetes e agulhas, ele lubrifica as pontas, fazendo com que deslizem facilmente em tecidos duros) Dedal Fita métrica Presilhas, ganchos, ilhoses e colchetes Fita autoadesiva Retalhos Organização de aviamentos

Mantenha um ímã pequeno em sua cesta de costura. Quando agulhas ou alfinetes caem no tapete ou carpete enquanto você costura, é fácil recuperá-los com o ímã. Agulhas podem enferrujar ou perder a ponta. Retire qualquer ferrugem com palha (ou lã) de aço. Fios de linha parecem mais escuros no carretel do que sobre o tecido. Escolha um fio um tom mais escuro que o tecido usado. Linha na agulha Se você tiver dificuldade para enfiar a linha na agulha, siga estas dicas:

Posicione a agulha na frente de uma superfície branca, de modo que o furo fique mais visível. Torne a ponta da linha mais firme, umedecendo-a ou passando cera de abelha numa das extremidades. Mergulhe a ponta da linha num frasco de esmalte vermelho e deixe secar. O esmalte colorido tornará a ponta da linha mais visível. Técnicas para fazer bainhas

Antes de fazer bainha em uma saia, um vestido ou uma calça comprida, pendure a roupa por um dia num cabide, para dar mais caimento ao tecido. Prendedores de roupa podem ser mais convenientes que alfinetes para manter uma bainha no lugar enquanto você trabalha nela. Garanta o sucesso de sua costura

Passar a ferro prepara o tecido para uma costura mais uniforme. Ao passar a roupa, levante e abaixe o ferro com delicadeza, em vez de deslizá-lo para trás e para a frente sobre o tecido. Use linhas de algodão para costurar tecidos de fibra natural, e linhas sintéticas para os sintéticos. . Passe as agulhas da máquina numa lixa fina, pra afiá-las. Ao lubrificar a máquina, dê vários pontos sobre um mata-borrão antes de iniciar a costura, para retirar vestígios de óleo e evitar que o tecido manche. Pregue os botões de roupas infantis com fio dental. Ficam mais resistentes. Ao pregar botões de quatro furos, costure dois furos de cada vez, depois arremate a linha antes de costurar os outros dois. Assim, ele não cai se a linha de um lado for cortada. Facilite a costura em tecidos grossos esfregando uma barra de sabão úmida sobre o pano. Antes de cortar tecidos finos, passe a tesoura na água quente e seque-a bem. Ao costurar tecidos felpudos (veludo) na máquina, coloque um papel de seda sobre as felpas. Depois, puxe o papel (costurado) - ele desprega facilmente. Consertar zíper emperrado é fácil!

Esfregue sobre o zíper um sabonete novo e seco. Passe um lápis preto comum (número 2), riscando para baixo e para cima, forçando em seguida o gancho para frente e para trás, até que comece a correr.

Você sabia?

É possível fazer uma almofada de alfinetes sem gastar muito. Use um saquinho de pano cheio de pó de café usado e seco. Isso evita que os alfinetes enferrujem.

Pontos básicos de costura

Alinhavo

Mantém duas ou mais camadas de tecido juntas durante provas ou modelagem. Use um único fio sem nó pra poder puxá-lo com facilidade e trabalhe da direita para a esquerda. Insira a agulha pelo lado direito e vá passando-a para dentro e para fora, prendendo a ponta da linha entre o polegar e o indicador, de modo a não puxá-la totalmente. Pontos de alinhavo podem ter 1 cm ou pouco mais.

Ponto corrido

É usado para consertos delicados, costuras visíveis e franzidos. É parecido com o alinhavo, mas os pontos são menores e uniformes. Prenda o fio nas duas pontas com um nó e trabalhe da direita para a esquerda. Insira a agulha pelo lado avesso e passe-a para dentro e fora, de modo uniforme, duas ou três vezes. Puxe a linha para o outro lado com firmeza, mas evite enrugar o tecido.

Chuleado

Usado para a borda do tecido não desfiar. Use um fio com nó e trabalhe da direita para a esquerda. Insira a agulha pelo avesso e puxe a linha. Repita o processo até chulear toda a borda, com pontos pelo avesso. Tome o cuidado de não puxar com força, para que o tecido não enrugue.

veja também