As crianças entendem ironia?

As crianças entendem ironia?

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:13

Exemplos não faltam para perceber como nós usamos a ironia no dia a dia. Basta descobrir o valor exorbitante da bolsa que sua amiga comprou e lá vem o comentário: baratinha, não? Ou quando se depara com seu filho no meio de uma bagunça com aquela cara de ‘não fui eu’, logo diz: não, claro que não, você é um anjo!

A ironia dá aquele tom de sarcasmo à nossa linguagem e, muitas vezes, é difícil de entender. Além do aspecto cultural, precisams de uma certa bagagem, digamos assim, para compreender determinadas piadas. Mas, de acordo com um estudo da Universidade de Montreal, no Canadá, publicado no Jornal Britânico de Psicologia e Desenvolvimento, crianças de 4 anos já são capazes de entender e usar a ironia. “Estudos anteriores haviam concluído que somente aos 8 anos, a criança seria capaz de entender o tom de sarcasmo. Mas eles foram feitos em laboratórios. Dessa vez, analisamos as crianças em suas casas, em um ambiente em que se sentem à vontade”, diz Stephanie Alexander, psicólogo e um dos autores da pesquisa.

Mas será que dá para generalizar? Para Ilan Brenman, escritor e doutor em educação, cada criança é diferente e a formação da sua personalidade é influenciada tanto pela genética quanto pelo ambiente em que ela vive. “O estudo canadense mostra que elas aprendem a ironia mais cedo. Faz sentido porque, hoje, elas recebem muitos mais estímulos. Mas, ainda assim, não dá para achar que todas as crianças de 4 anos vão entender esse conceito”, diz Ilan.

O melhor a fazer é oferecer um ambiente rico em estímulos para a criança. Mostrar variedade de músicas, instrumentos, filmes, cores, texturas, palavras, atividades, linguagens. Assim, ela vai aprender e ter bagagem para entender não só a ironia, mas todas as outras figuras de linguagem.

Por Bruna Menegueço

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições