Casamento: iniciando uma nova família

Casamento: iniciando uma nova família

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Planeje a nova vida que se inicia!

No ímpeto da paixão e do romantismo, quem decide se casar passa a sonhar e planejar o evento em todos os seus pormenores. Normalmente, a situação financeira do casal já foi avaliada por ambos, mas é preciso considerar também outros aspectos da vida de casado para evitar discussões futuras e evitar imprevistos.

Planejamento familiar

Quando um casal decide se casar, espera passar por todas as próximas etapas da vida juntos e ao decidirem formar uma família, muitas dúvidas surgem acerca da criação dos filhos. No passado, os casais costumavam ter filhos tão logo se casavam, porém, hoje em dia devido à facilidade de acesso aos métodos contraceptivos é possível fazer um planejamento familiar atrelado às necessidades das carreiras de ambos.

Se optarem por ter filhos, a família passará por alguns estágios: a primeira gravidez da esposa, a criação dos filhos pequenos, a fase de adolescência e, finalmente, a fase mais madura do casal, quando são os filhos que passam pelo processo de formarem suas próprias famílias e o casal volta a ter mais "exclusividade" um sobre o outro.

A mais importante variável a se levar em consideração na hora de realizar o planejamento familiar é o número de filhos que o casal pretende ter. Depois dos 35 anos ocorre um acentuado declínio da capacidade reprodutiva da mulher, relacionado à diminuição da qualidade e quantidade de óvulos férteis. Embora a ciência disponibilize maneiras de prolongar esse tempo - o congelamento de óvulos é uma delas - a idade limite para a concepção do primeiro filho é entre 30 e 32 para casais que pretendem ter dois filhos, por exemplo.

Aqueles que consideram adotar um filho, também devem planejar o processo de adoção e a estrutura necessária para receber a criança.

Carreira X família

O companheirismo é importante na hora de tomar a decisão de ter filhos. É preciso avaliar se os dois possuem o mesmo desejo de criar uma criança. Um filho pode trazer mudanças à carreira, principalmente para a mulher que precisará diminuir ou interromper suas atividades profissionais por um tempo indeterminado.

Infelizmente, a sociedade ainda não apoia as mães que trabalham fora de casa, por isso, é essencial que o casal estabeleça uma divisão de tarefas relacionadas à casa e aos filhos.

Para as mulheres que desejam conciliar bem a família e sua profissão, aconselha-se que para trabalhar, escolham carreiras flexíveis, ou empresas cuja política relacionada à maternidade assegure direitos e flexibilidade nas jornadas de trabalho.

Cuidados com a família

Com filhos ou sem filhos, o importante é criar uma atmosfera de entendimento em seu lar, na qual os objetivos de vida de ambos estejam alinhados.

O diálogo e a cumplicidade podem ser a solução para problemas que eventualmente possam aparecer na jornada de um casal. É utopia pensar que tudo serão flores o tempo todo, por isso é preciso tratar o casamento como o compromisso de superar dificuldades juntos.

Se, em determinado momento, a carreira precisa ser tomada como prioridade na vida de um ou de ambos, os dois precisam estar cientes dos sacrifícios a serem feitos e se apoiarem mutuamente. Assim, quando o tempo disponível para a família for curto, será preciso aproveitá-lo com sabedoria e qualidade. Também vale se questionar até que ponto esses sacrifícios são válidos, já que priorizar a qualidade de vida pode ser o meio mais simples de realizar o sonho de formar e manter uma família feliz para sempre. Com planejamento, diálogo e claro, muito amor, vocês já podem subir ao altar com a promessa de uma vida cheia de realizações.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições