Coluna - Ana Paula Pestana - Esperar vale a pena

Coluna - Ana Paula Pestana - Esperar vale a pena

Atualizado: Segunda-feira, 13 Outubro de 2008 as 12

Muitas mulheres se sentem inseguras e, devido a esse sentimento, correm atrás dos homens, não conseguem esperar, seus interesses giram em torno de uma busca incessante de um "casamento"  ou do homem perfeito.

Não conseguem ter a alegria fluindo dentro delas, porque nenhum  homem pode proporcionar a segurança que ela deseja.

Muitas se sentem inseguras por não ter um "marido" ou "namorado", o medo bate à porta. E aquelas que possuem, muitas vezes, andam inseguras, cada vez que eles não estão por perto, achando que talvez não voltem ou não telefonem novamente, outras até desejam e querem a todo tempo sua atenção.

Seus sonhos e planos giram em torno deles. Esse sentimento gera ciúmes no relacionamento, muitas se sentem ameaçadas quando uma mulher chega perto.

Quando ocorrem as famosas "briguinhas", ficamos vários dias com as emoções abaladas, passamos a andar com receio  de cometer algum erro e acabar perdendo-o.

A necessidade de "discutir" a relação, de nos sentir amada,  queremos a todo tempo demonstrar o quanto o amamos.

Isso gera dentro de nós uma qrande inquietação, leva-nos a pensar: "Não posso viver com ele, mas sem ele eu morreria!" . Acabamos arquitetando planos para ficar com ele, para mantê-lo ao nosso lado.

O objetivo da espera não é produzir sofrimento, mas preveni-lo. Muitos sofrem porque se adiantam aos planos de Deus.

Diariamente muitas mulheres têm permitido que suas emoções estejam à frente de sua vida, fazendo com que as mesmas não consigam controlá-las.

Muitas mulheres ficam tão feridas pela experiência, que levam tempo para se recuperar e redescobrir a capacidade de confiar em alguém novamente.

Eu  estive entrevistando algumas mulheres que fazem parte de um Grupo chamado MADA - Mulheres que Amam Demais Anônimas,  é um programa de recuperação para mulheres, que têm como objetivo primordial se recuperar da dependência de relacionamentos destrutivos.

Essas mulheres se reúnem para  partilhar suas experiências, fortaleza e esperança de cada uma.

Muitas lágrimas já foram derramadas por relacionamentos, que foram frustrados.

O casamento não garante realização pessoal. As decisões relativas ao relacionamento com os homens (que muitas vezes torna-se um campo de batalha) afetarão o resto da nossa vida.

Antes de se relacionar com alguém, estabeleça os padrões de um homem que você quer para sua vida, seja perseverante naquilo que você estabeleceu no seu coração.

Nossas emoções podem guiar  a nossa vida para a destruição se não  nos posicionarmos em nossa realidade em Cristo, e no  que Ele fez por nós.

Como resultado de uma vida guiada pelas emoções, podemos tomar decisões que nos tirarão  da vontade de Deus. Devemos submeter  nossos sentimentos a Palavra e tomar posse da autoridade, não nos deixando ser levados pela inconstância da nossa alma que está em processo de salvação. Quanto mais nos expomos à palavra, ela irá lavando, removendo pensamentos, sentimentos, emoções que querem tomar controle das nossas vidas.

As nossas decisões devem ser tomadas no espírito, pois decisões  tomadas na alma (pelas emoções) nos levam a destruição.

Seja paciente, vale a pena esperar. Rute foi um exemplo maravilhoso de paciência. Não se importou por causa das circunstâncias, nem da falta de um companheiro. Pelo contrário, esforçou-se em ter um relacionamento com o Pai celestial, não se permitiu andar ansiosa, mas desenvolveu seu caráter em não encontrar um homem. Procurou viver o presente,  sem se preocupar com o futuro. Remiu o tempo para tornar-se a mulher que Ele desejava que fosse, e por fim recebeu dEle um marido.

O medo é um empecilho enorme à espera. Talvez você tema que Deus não tenha notado que seu relógio biológico continua marcando ano após outro. Talvez  se sinta que em breve não terá mais nenhuma amiga solteira.

Talvez até ache mais aconselhável aceitar a proposta de casamento daquele rapaz "bonzinho" porque receia não encontrar o melhor, ou seja aceitando aquilo que está disponível.

Vale a pena esperar! A Fé crê, fala e vê!

O Melhor de Deus ainda está por vir!!

Sejam abençoados na Prática da Palavra!

Com carinho,

Ana Paula Pestana é assessora de imprensa, produz e dirige shows de grande porte. Atualmente, está escrevendo um livro, que deve ser publicado ainda este ano. Na década de 80, foi integrante de um famoso grupo musical e repórter do programa Beleza Pura.

anapaulapestana.blogspot.com

veja também