Coluna - Petter Garrido :Em pauta a moda antiga e negativa do "tititi"

Coluna - Petter Garrido :Em pauta a moda antiga e negativa do "tititi"

Atualizado: Terça-feira, 11 Novembro de 2008 as 12

Quem ainda não foi vítima do famoso "tititi", de codinome fofoca? Essa atitude feia não escolhe hora nem lugar para acontecer. Tudo começa com um pequeno comentário proveniente da pobreza de espírito de seus adeptos ou mesmo de pessoas do bem que acabam se envolvendo por estarem presentes.

A mesma força que avança quando envolve personalidades, líderes e pessoas em foco, acaba se perdendo pela falta de sustentação e pela falta de ocupação de quem vive de olho na vida alheia. Ela é uma arma fraca, que traduzida na íntegra, se chama inveja. E você, já foi vítima do enfadonho "tititi"? Cuidado para não enganar a si mesmo!

Pior ainda é quando ajudamos involuntariamente a espalhar estes comentários que se distorcem rapidamente, passando de um ouvido para outro. Na verdade, ninguém está imune ou mesmo blindado deste mal. Desde a existência humana a fofoca atinge as pessoas nas mais diferenciadas camadas e segmentos. Ela pode ser encontrada nos livros mais antigos, como os que falam dos filósofos, reis e personagens bíblicos que sofreram injustiças e até mesmo perderam suas vidas por este caminho sombrio. Já hoje, no século XXI, a dita fofoca participa e é abordada judicialmente e apresentada como calúnia e difamação. Seus criadores arquitetam planos malignos e lançam suas setas pelo simples fato de serem limitados e se enquadrarem no senso comum. A eles faltam valores que agregam a personalidade de pessoas vencedoras, sendo assim esses não conseguem ser competitivos e usam desta arma baixa para tentar atingir ou destruir as pessoas.

Hoje, podemos observar que na política esta estratégia é muito usada, mas não pára aí: a arma mortífera da fofoca é capaz de separar casais, falir empresas e amizades, estampar manchetes nos jornais de situações e inverdades que levam falsas afirmações às pessoas, que no calor do "vale tudo" para vender a notícia,  acabam acreditando!

Aí, o tempo passa e muita gente conclui que a pior atitude que podemos ter é o preconceito! Pois a vítima sai mais forte em alguns casos, em outros traumatizadas, o autor ou autores saem envergonhados ou perdem sempre!

Você leitor deste site deve estar pensando... Eu já vi este filme. Pelo simples fato da mentira não ter poder sobre a verdade! Com esta matéria não posso generalizar ou mesmo afirmar que tudo é mentira mesmo pelo fato de que ser unânime, extremista e fazer apologia a qualquer assunto seria antiético ao meu trabalho!

Existem fatos que são verdadeiros sim, mas eles geralmente tem lógica, embasamento e sustentação! É reconhecido pelos seus infratores quando os mesmos têm caráter! Quando não, devem ser comprovados até as últimas conseqüências dependendo de sua gravidade. Na verdade, tem coisas que são tão banais que não valem a atenção dos sábios. Contra este mal só existe um remédio, oração e a Justiça de Deus, que não tarda e nem falha! Mas gostaria de advertir, se você pratica este mal voluntariamente ou não, peça ajuda divina para que você possa mudar de atitude, pois tudo aquilo que plantamos, colhemos. Se formos abençoados quando abençoamos, imagina o que acontece quando "amaldiçoamos" alguém?

Nem mesmo Cristo escapou das fofocas. Se Ele venceu, com Ele somos mais que vencedores, suportando a tudo e todos, inclusive às fofocas! Para encerrar, vale o antigo ditado que está sempre afiado na boca dos advogados e profissionais da lei: "quem não deve não teme!" Cuidado para não se tornar disseminador de inverdades! Seja feliz e ajude a espalhar o amor de Deus!

Petter Garrido é jornalista, publicitário, ator, produtor, roteirista, diretor de vídeo e cinema. Secretario de comunicação da Igreja Quadrangular em Minas Gerais, faz assessoria de comunicação para a presidência nacional e estadual da Igreja. Dirige e apresenta o programa "Quadrangular uma Igreja em Ação", que vai ao ar na Band, aos sábados 8h40 (manhã). É produtor e apresentador do programa Interview Gospel, há nove anos no ar na 107 FM, ocupando o primeiro lugar no seguimento e terceiro no ranking geral. E já atuou como ator também.

veja também