Com Jesus à mesa - Coluna - Geraldo e Marleide Rodrigues

Com Jesus à mesa - Coluna - Geraldo e Marleide Rodrigues

Atualizado: Quarta-feira, 30 Janeiro de 2008 as 12

Coluna - Geraldo e Marleide Rodrigues

Com Jesus à mesa

Olá pessoal! A partir de agora estaremos juntos no portal Guia-me.

 Somos casados há 27 anos e trabalhamos com famílias a mais de 20 anos. Temos uma família abençoada, comprometida com Deus e com sua obra, por isso nos sentimos a vontade para conversar com você internauta a respeito dos planos e propósitos de Deus para as famílias. 

Em João 12. 2-3 e Marcos 14. 3-5, encontramos uma família recebendo Jesus em sua casa. Este episódio demonstra a intimidade que tinham com Ele, havia prazer em recebê-lo, lógico, quem não teria? Mas penso que hoje, muitas pessoas não têm o mesmo prazer de receber Jesus em seu lar. Não convidam Jesus para sentar-se à mesa, não permitem Jesus participar de seus banquetes, churrascos, festas em família, aniversários e outras celebrações, todos participam, menos Jesus. Ele é obrigado a ficar de fora, pois o ambiente não lhe permite participar. Porém, acho importante pensarmos que quando Jesus está à mesa muita bênção acontece, desfrutamos de coisas que em nenhuma outra situação desfrutaríamos.  

O que acontece quando Jesus está à mesa?

A casa desfruta de uma intimidade com Ele, passa a conhecê-lo melhor. Há prosperidade - pois eles serviam uma farta ceia. Onde Jesus está alimento não falta. Há disponibilidade - as pessoas trabalham sem esperar recompensa, somos convidados a servir. Há comunhão - todos permanecem ao redor da mesa, não há exclusão. Há desprendimento - a mulher não se incomodou com o valor do perfume caríssimo e entornou em Jesus. Há humildade - ela enxugou os pés de Jesus sem nenhum constrangimento, não se incomodou com quem estava vendo, nem com o que iam pensar. Há um perfume agradável exalando no ar - o perfume naquela casa era caro e fino. Qual o perfume que sua família tem exalado ao redor de sua casa com os vizinhos, parentes e amigos? Estamos desprendidos o suficiente como família, a ponto de doarmos algo de valor para a obra do Senhor ou em função dos seus?     

Geraldo Lúcio Rodrigues é pastor desde 1980, formado pela Escola Preparatória de Obreiros Evangélicos, EPOE. Trabalhou no ministério de Missões por dez anos. Junto com sua esposa Marleide Gomes Guimarães Rodrigues que é professora do Seminário CEFORTE e palestrante, trabalham na restauração de famílias. São autores do livro ?Discipulando Casais para Edificar Igrejas?, da editora Unilar.

veja também