Como abrir a primeira conta bancária.

Como abrir a primeira conta bancária.

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2011 as 11:47

Antes de abrir uma   conta bancária , você precisa tomar certos cuidados como: ler atentamente o contrato de abertura de conta (ficha-proposta), não assinar nenhum documento antes de esclarecer todas as dúvidas (inclusive referentes a tarifas, juros e outros encargos) e solicitar cópia dos documentos que assinou. Para facilitar a sua vida, separamos algumas dúvidas frequentes. Confira:

Por que devo ter conta em banco?

Além de haver momentos em que você precisará ter cheque ou cartão, é mais seguro deixar seu dinheiro no banco do que ficar andando com a carteira cheia por aí. Além disso, na poupança, seu dinheiro cresce e se multiplica, o que não acontece se ele estiver num cofrinho ou debaixo do colchão da sua casa.

Que informações o banco deve me prestar no ato de abertura da minha conta?

Informações sobre direitos e deveres do correntista e do banco, constantes de contrato, como:

· Condições para fornecimento de talonário de cheques;

· Necessidade de você comunicar, por escrito, qualquer mudança de endereço ou número de telefone;

· Condições para inclusão do nome do depositante no Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundos (CCF);

· Informação de que os cheques liquidados, uma vez microfilmados, poderão ser destruídos;

· Tarifas de serviços, incluindo a informação sobre serviços que não podem ser cobrados;

· Saldo médio mínimo exigido para manutenção da conta.

Todos esses assuntos devem estar previstos em cláusulas explicativas na ficha-proposta.

Como funciona a conta-corrente?

Oferece operações como verificação do saldo, saques e transferências. Evite usar serviços fora do pacote - eles são cobrados à parte.

Como funciona a poupança?

A conta poupança serve pra juntar dinheiro pra compras grandes, como reforma ou financiamento. Algumas permitem programar o depósito, bom para quem é esquecida.

O menor de idade pode ser titular de conta bancária?

O jovem menor de 16 anos precisa ser representado pelo pai, mãe ou responsável legal. O maior de 16 e menor de 18 anos não-emancipado deve ser assistido pelo pai, mãe ou pelo responsável legal.  

veja também