Conheça as 4 alterações emocionais típicas no pós-parto

Conheça as 4 alterações emocionais típicas no pós-parto

Atualizado: Quarta-feira, 27 Abril de 2011 as 10:49

São muitas as   mudanças   no corpo e no   emociona l da nova mamãe. Esses sentimentos não são bons nem maus. São humanos. A psicóloga Vitória Pamplona, o obstetra Tomaz Pinheiro e o pediatra Marcus Renato de Carvalho, autores do livro Da Gravidez à Amamentação (Ed. Integrare), listaram os quatros sentimentos mais comuns no pós-parto. Confira:

Solidão e ciúme:   com um bebezinho na família, é comum que o pai, os irmãos e as visitas fiquem encantados pela criança e acabem deixando a mamãe em segundo plano. Aí, ela se sente enciumada. Falar com tranquilidade sobre o que está sentindo ajuda a mamãe a lidar com esses sentimentos.

Impotência e raiva:   às vezes a mãe sente raiva do bebê porque já fez tudo para acalmá-lo e ele continua chorando. É normal. Mas para que isso não se transforme em uma bola de neve, o ideal é a mamãe entregar o bebê por alguns momentos para alguém que esteja tranquilo e se retirar para descansar.

Medo:   o sentimento de não saber cuidar do bebê ou de não conseguir conciliar esse novo papel com os demais afazeres é comum. Nos primeiros três meses, o recém-nascido dá muito trabalho, pois a mãe ainda não entende a forma como ele se expressa. Isso melhora com o passar dos meses.

Tristeza:   isso também é comum nos primeiros dias após o parto. Em parte, ela é provocada por mudanças hormonais, mas outros fatores também influenciam, como sentir saudade do período em que estava grávida e era o centro das atenções. Essa tristeza, comum no final do dia, não deve ser confundida com depressão pós-parto, um quadro de tristeza bem mais profundo.  

veja também