Conservantes de cosméticos podem causar câncer de mama

Conservantes de cosméticos podem causar câncer de mama

Atualizado: Sexta-feira, 11 Abril de 2008 as 12

Segundo estudos, os cosméticos que contém conservantes do tipo Parabenos podem trazer riscos ao usuário, inclusive podendo causar câncer de mama. Na dúvida, especialistas recomendam utilizar produtos que possuem preservantes naturais ou mais modernos

 

Não é de hoje que as mulheres e homens utilizam-se dos mais variados tipos de produtos para dar um toque diferente à aparência. Desde a antigüidade, segundo arqueólogos, já foram encontrados em túmulos egípcios de aproximadamente 3.500 a.C. sinais do uso de pintura para os olhos e ungüentos aromáticos, pois os perfumes e cosméticos são usados para limpar, suavizar e encobrir imperfeições da pele, de forma a ajudar na arte de seduzir e de agradar o outro.  Desde aquela época e até hoje, os cosméticos, porém, são derivados de substâncias de origens diversas e contém conservantes que podem fazer mal ao usuário, como é o caso dos Parabenos, que estão presentes em mais de 80% dos cremes.

Conforme estudo publicado no Journal of Applied Toxicology, os conservantes Parabenos apresentam propriedades estrogênicas, ou seja, se comportam como se fossem o estrogênio, um hormônio feminino.  De acordo com o consultor da Consulfarma e professor de Cosmetologia, Maurício Pupo, a notícia publicada no jornal americano despertou interesse dos consumidores e dos cientistas do mundo todo, obrigando os fabricantes a repensarem urgentemente nas formulações e investir maciçamente em pesquisas. "Isso é alarmante, pois há uma enorme utilização de cosméticos contendo Parabenos por gestantes, lactantes, crianças e pacientes sob tratamentos diversos como câncer, reposições hormonais e terapias crônicas. Hoje, o mercado possui preservantes naturais ou mais modernos que, até o momento, demonstraram segurança, permitindo aos formuladores o desenvolvimento de formulações mais seguras", observa Pupo.

O mesmo jornal publicou que o uso de parabenos em produtos cosméticos destinados à aplicação na área axilar (como desodorantes, por exemplo) deve ser reavaliado, pois estudos recentes levantaram a hipótese de que o uso dele nessa região pode estar associado ao aumento da incidência de câncer de mama, o que foi confirmado em teste realizado recentemente. Os parabenos podem ser identificados nas formulações dos cosméticos e desodorantes com diversas nomenclaturas: Parabens, Methylparaben, Ethylparaben, Propylparaben e Butylparaben.

Portanto, o consumidor deve ficar atendo e escolher produtos que não têm esse conservante. É importante lembrar também que os principais fatores de risco para o câncer de mama são: genética, obesidade, alimentação inadequada, tabagismo e faixa etária elevada. No entanto, a ação mais efetiva que as mulheres podem adotar para se protegerem é submeterem-se anualmente ao exame clínico, fazer mamografia a partir dos 40 anos e realizar o auto-exame das mamas mensalmente.

veja também