Crianças veem a natureza como uma boa sala de aula, diz pesquisa

Crianças veem a natureza como uma boa sala de aula, diz pesquisa

Atualizado: Sexta-feira, 12 Novembro de 2010 as 4:25

Quantas vezes por semana o seu filho brinca em parques ou áreas verdes? Quem vive em grandes cidades sabe que é cada vez mais difícil aproximar as crianças da natureza. Mas uma pesquisa encomendada pela OMO a pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que as crianças querem saber mais sobre o meio ambiente e estar em contato com ele.

O estudo foi coordenado pelos doutores Dorothy e Jerome Singer em 2009 e foi feito com 2233 pessoas, entre mães e crianças de 8 e 12 anos, de 11 países (Estados Unidos, Argentina, Brasil, Reino Unido, França, Turquia, Índia, Tailândia, China, Vietnã e Sul África). O objetivo principal era entender a interação que as crianças têm com a natureza, os eventuais obstáculos e o impacto disso para o seu desenvolvimento.

Entre as descobertas dos estudiosos está o enorme interesse das crianças pelo meio ambiente – que parte delas mesmas e não dos pais. A pesquisa dá um alerta importante para eles, inclusive, pois 58% acreditam que, se tivesse uma hora extra por dia, seu filho preferiria brincar dentro de casa, enquanto 46% das crianças afirmam que prefeririam passar essa hora extra ao ar livre.

Ao falarem sobre o tema, as crianças disseram frases como "a natureza é uma boa sala de aula", "podemos aprender conhecimentos que não podemos conseguir a partir de livros", "aprendo mais convivendo com a natureza do que apenas sentado na frente da TV" e "posso me divertir mais ao ar livre também".

Confira outros dados coletados pelos pesquisadores:

- 93% das crianças gostariam de poder aprender mais sobre o meio ambiente e como protegê-lo;

- 71% tomam a iniciativa de falar sobre o assunto com os pais;

- 78% desejam que seus pais sejam mais sérios sobre o assunto “cuidado com o meio ambiente”;

- 91% das mães têm feito mudanças na sua vida devido às preocupações de seu filho sobre os danos ao meio ambiente;

- 66% acreditam que o desenvolvimento de seus filhos será afetado negativamente se não conseguirem uma oportunidade para apreciar a natureza;

- 71% têm certo sentimento de culpa por não ajudar seus filhos a brincar mais na natureza;

- 31% - apenas! - passam tempo na natureza ou ao ar livre com suas crianças.

Com todos os benefícios que o contato com o verde traz para o desenvolvimento das crianças, é preocupante que muitos pais não consigam introduzir esta vivência em suas famílias, segundo Dorothy Singer, uma das colaboradas na pesquisa. "86% das mães sentem que estão mal equipadas para ensinar a seus filhos sobre o meio ambiente. Existe a necessidade tanto de pais como de crianças de ter mais oportunidades para interagir com a natureza e aprender por médio das experiências com ela", afirma Dorothy.

A especialista dá algumas dicas para os pais superarem as barreiras e aproximarem os filhos da natureza:

Imagens de Nuvens: Escolha um dia quando há nuvens no céu. Deite-se de costas e, enquanto as nuvens passam, forme imagens. Elas podem ser animais, objetos, pessoas, ou qualquer coisa que você possa imaginar. Quando você voltar para dentro, tente desenhar o que viu. Busque descobrir qual a causa pela qual as nuvens existem. Leia um livro sobre isso com seu filho.

Tocar e Explicar: Encha um saco grande com diferentes objetos que você e seu filho encontrarem em um passeio pela natureza. Peça ao seu filho que feche os olhos e coloque a mão em um saco para sentir um objeto e descobrir o que é. Pode falar a seu filho mais sobre o objeto, de onde ele vem, se ele tem um propósito.

Jóias do Mar: Quando for à praia, pegue conchas, penas, pequenos pedaços de vidro liso, estrelas de mar secas, pequenas pedras. Identifique cada um, se você puder, e então coloque-os em uma jarra de gargalo grande ou uma pequena tigela cheia de água para mantê-los brilhantes.

veja também