Deixar - ou não - a filha levar o namorado na viagem de férias

Deixar - ou não - a filha levar o namorado na viagem de férias

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 2:29

Férias: a família se programa para viajar e a filha adolescente quer convidar o namorado para acompanhá-la na viagem. E aí? Deixar ou não? Se você está passando por esta situação, siga os conselhos da psicóloga clínica Ana Cláudia Vanzelli: "Não diga 'não' de primeira. Antes, avalie como é a relação dela com o namorado", diz.

Isso significa fazer duas perguntinhas básicas: "Você a vê feliz?" e "Ela amadureceu desde que estão juntos?" Se a resposta para estas perguntas for "sim", não há problemas em levá-lo. Mas, se você a vê chateada com frequência e brigando por bobagens, é melhor repensar. "Mesmo assim, não diga simplesmente 'não': converse com sua filha para que ela entenda suas razões e também ouça o ponto de vista dela", observa Ana Cláudia.

Se decidir que o rapaz viajará com vocês, pense na presença dele como algo positivo, tanto para ela quanto para você. Isto porque, passando mais tempo juntos, você terá a possibilidade de ver de perto como é a relação dos dois, e aproximará o rapaz da família, fortalecendo os laços e permitindo que vocês se conheçam melhor e que ele seja apresentados aos valores da família - bem como os limites. "Encare como uma oportunidade para participar mais da vida da sua filha",

veja também