Delete o lixo do seu coração

Delete o lixo do seu coração

Atualizado: Terça-feira, 25 Agosto de 2009 as 12

Não há situação mais triste do que ver a Igreja de Jesus mergulhada em uma geração que não sabe liberar perdão. Pessoas que não estão interessadas em fazer a vontade de Deus, mas criam o seu próprio evangelho e se recusam a viver debaixo da Mão poderosa do Altíssimo. A resposta disso é uma só: distanciamento de Deus e fraqueza espiritual.

Já foi comprovado pelo próprio INCA (Instituto Nacional de Câncer) que todo paciente portador dessa doença traz dentro de si um histórico de amargura (independente da parte do corpo onde a doença esteja alojada).

Perdão é uma questão tão séria, que Jesus não deixou passar despercebido o assunto no meio de seus discípulos. Quando Pedro pergunta quantas vezes tem que perdoar o seu irmão, Ele se faz bastante claro: "setenta vezes sete".

Não se sabe exatamente o porquê da numeração, mas uma coisa ficou bem clara: perdão para Deus é algo tremendamente importante.

No livro de Mateus 6:12, Jesus trata a questão do perdão de uma forma muito direta: "... e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores." Observe que Deus NÃO pode perdoar aquele que não libera perdão.

O maior sonho de satanás é fazer, de alguma forma, com que o sacrifício da cruz seja anulado. Sacrifício de perdão, consumado, que devolve ao homem a condição de liberdade do mundo das trevas.

Para entender melhor: se uma pessoa não perdoa, não recebe o perdão de Deus. Sem o perdão do Criador, ela se torna alvo de ataque de um exército inimigo. O diabo se sente livre para agir e se a pessoa não despertar rápido, pode não somente sofrer situações desastrosas em sua vida, como, pior, ter a sua salvação comprometida.

Tristezas e amarguras geram baixa imunidade no organismo, abrindo portas para enfermidades de toda espécie. A estratégia do diabo é simples: entristece o coração do homem para encontrar pastagem farta para ele.

Quando o cristão tomar consciência de que o diabo veio para "matar, roubar e destruir", e que não mede esforços para realizar os seus planos tenebrosos, certamente entenderá que por mais difícil que possa parecer perdoar alguém, não é nada inteligente deixar de fazê-lo, guardando amargura, raiva ou ódio.

Não perdoar é a maior afronta que um cristão pode cometer contra Deus. No entanto, perdoar certamente é a maior prova de amor que alguém pode dar a Deus. Uma pessoa que se quebranta ao ponto de passar por cima de seus próprios sentimentos, mesmo sendo vítima de injustiças, está preparada para receber o melhor de Deus em sua vida.

O que não edifica precisa ser lançado fora. Delete o lixo do seu coração. Se você tem dificuldades em liberar perdão, entre na presença de Deus com sinceridade e peça ao Senhor que lhe dê um coração quebrantado e pronto para perdoar.

"Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados - disse, então, ao paralítico: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa".

O paralítico depois do perdão levantou, pegou o seu leito e foi para casa com a bênção. Perdoe para ser perdoado por Deus e siga em paz.

veja também