Descubra como aliviar a dor de crescimento do seu filho

Descubra como aliviar a dor de crescimento do seu filho

Atualizado: Quinta-feira, 28 Outubro de 2010 as 11:26

Depois de um dia agitado, recheado de jogos e brincadeiras, chega a hora de descansar. Tudo o que seu filho precisa é de uma boa noite de sono... Mas será que é tão simples assim? É durante a noite que muitas crianças reclamam de dores nas pernas, e acordam muito incomodadas, às vezes até chorando! Entenda o problema que tira o sono de mães e filhos há anos, e que continua causando polêmica entre os pediatras: a dor de crescimento.

Não se sabe ao certo qual é a causa dessa dor, mas a teoria mais aceita, de acordo com o pediatra Sérgio Varella, é a de que se trata de uma diferença entre o crescimento ósseo (mais acelerado) e o muscular (um pouco mais lento). No final da fase de crescimento, essa diferença vai se igualar e as dores devem acabar. É por isso que os médicos apelidaram o mistério de "dor do crescimento", que acontece entre os 3 anos e meio ou 4 até os 10 anos ou mais.

O curioso é que a dor que as crianças sentem, em geral nos ossos mais longos das pernas (na tíbia ou no fêmur) é "invisível" aos olhos da medicina. Não causa vermelhidão nem marcas físicas e não provoca aquecimento. Se, no dia seguinte, a criança for a um pediatra, ele não encontrará nenhum vestígio de problema, nem ósseo nem muscular.

Como a dor de crescimento não tem cura, e dura apenas alguns minutos (que, acreditem, parecem uma eternidade para a criança), o que os pais podem fazer é aquecer a região. Massagear a perna dolorida é uma ótima idéia, já que alia o calor (que alivia o desconforto) ao carinho e atenção da mãe ou do pai. Sprays para dores musculares, compressas mornas ou um cobertor reforçado abaixo da cintura também ajudam bastante.

Alguns médicos acreditam que as crianças muito ativas, após correr e abusar da musculatura durante um dia inteiro, sintam essa dor noturna devido à fadiga. Mas isso não é motivo para impedir seu anjinho de se exercitar. Seja por crescimento ou cansaço, o importante é saber como acalmar a dor e tranqüilizar seu filho, garantindo a ele um sono tranqüilo e restaurador.

veja também