Dicas de como manter uma boa relação com os filhos

É necessário bater?

Atualizado: Quinta-feira, 26 Abril de 2012 as 2:06

Nem todos estão preparados para encarar o desafio que é educar filhos. Prepará-los para a vida não ~e uma tarefa fácil, porém, é fundamental. Mas, como manter uma boa relação com os filhos?

“Existem pequenas atitudes que fazem com que o contato entre os pais e as crianças melhore e garanta uma relação prazerosa. Entender um ao outro é a primeira tarefa, e tem que partir dos responsáveis, que muitas vezes têm que usar a sabedoria para não afastar o filho e fazer com que ele confie a ponto de contar os medos, etapas da vida ou qualquer outra situação”, diz a psicóloga Lucileide Mendonça Figueiredo ao portal Arca Universal.

Fale diretamente, sem rodeios, não deixe nada para o dia seguinte, a não ser que alguém esteja muito nervoso. “Saber expressar-se garante menos brigas. Além disso, muitos pais são rígidas e querem que os filhos sigam a mesma linha de raciocínio que os pais têm, mas nem sempre eles mantêm o mesmo modo de pensar”, explica.

Bater ou não bater?

De acordo com a especialista, para cultivar o bom relacionamento com os filhos, não fique invadindo a privacidade deles de modo que percebam nitidamente. “Seja sutil e preste atenção nos atos e maneira de se comportar diante das situações. Pergunte, dê a oportunidade dele lhe contar sem que haja a necessidade de vasculhar as coisas dele. Seja amigo e leal, ofereça confiança, para que se sinta cada vez mais próximo. Tenha tempo para dedicar ao filhos, seja presente”, finaliza.

A criança só tem que levar palmadas quando merece. Eles devem ter medo da situação por que podem apanhar, para que reflitam antes de dar motivos. “Não pode banalizar o ato de bater e fazer isso sempre, normalmente, uma conversa séria, e até mesmo um castigo, dói mais. A dor física não é a solução ideal”, ensina Lucileide.

 

veja também