Diferentes mas iguais

Diferentes mas iguais

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 10:43

“Desse modo não existe diferença entre judeus e não-judeus, entre escravos e pessoas livres, entre homens e mulheres: todos vocês são  um só por estarem unidos com Cristo Jesus.” (Gálatas 3:28)

Ninguém pode negar que o homem e a mulher foram criados diferentes. Cada um tem um corpo distinto idealizado por Deus para que os dois se completassem. Há também diferenças na maneira de sentir, de perceber o que acontece à sua volta, de ver a vida e até de viver a fé. Nesse sentido, cada ser humano é único e especial. Deus também atribuiu funções diferentes para o homem e a mulher na família. Só a mulher é capaz de conceber filhos e,  ao homem, Ele deu a incumbência de sustentar o lar.

Apesar de tantas diferenças, no que diz respeito à salvação homem e mulher são iguais perante Deus. Ambos recebem em Cristo o perdão dos pecados e a vida eterna. Para Deus, o fato de homem e mulher terem funções diferentes na sociedade não significa que um é superior ao outro. O apóstolo Paulo chegou a comparar a igualdade entre homem e mulher com a igualdade que há entre Deus e Cristo. Ambos são um só Deus com o mesmo poder. Mas Deus criou o universo e dele cuida, enquanto Jesus cumpriu a obra da nossa salvação (I Cor. 11:3).

Neste nosso mundo, onde existe uma disputa ideológica entre o machismo e o feminismo, que os cristãos possam ser um exemplo de respeito e amor, e que tratem a todos com igualdade, seguindo o exemplo de Cristo.

veja também