Dívida não é pecado!

Dívida não é pecado!

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2008 as 12

Por Myrian Rosário

"A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco" -  Romanos 13:8a. Isso é o que nos diz o apóstolo Paulo. Mas, diante da crise, muitos crentes têm vivido preocupados por deverem também dinheiro a muita gente. Não é raro encontrar membros de igreja, e até pastores, com a conta no vermelho, com pendências com o cheque especial, o cartão de crédito, carnês de lojas e, em muitas situações, com o nome incluso na lista de maus pagadores do SCPC e SERASA. Como fica a vida espiritual dessas pessoas? "Dívida não é pecado, porque se fosse todo mundo iria para o inferno!", opina o consultor de finanças Paulo de Tarso, diretor do Finanças Para a Vida. "Apesar de não ser pecado, quando a Bíblia fala de dívida, sempre fala negativamente. Não é pecado, mas devemos evitar".

Segundo o consultor, um terço de tudo o que as famílias ganham é reservado para pagar dívidas, juros e despesas financeiras. "A parte espiritual é fundamental, mas é preciso observar também o lado prático das finanças. Deus criou tudo e passou a administração para nós", analisa. "O cristão endividado tem mais dificuldade em exercer a generosidade".

veja também