Do Outro Lado da Tela

Do Outro Lado da Tela

Atualizado: Quarta-feira, 20 Janeiro de 2010 as 12

Carolina Velloso

A mulher abandonada observa sua vida nas mãos de Deus do mesmo prisma que o menino em relação à tela nas mãos de sua mãe.

Querida Amiga,

Foi tão bom conversar com você outro dia! Seu desabafo tinha justificativa. Creio que você estava precisando abrir o coração e 'arejar os quartos', não é? Tantas dúvidas, temores, frustrações. A 'barra' que você enfrenta é muito pesada. Quero que saiba que estou orando por você.

E então? Seu marido foi embora, deixando-a para recolher os pedaços de sua vida e criar sozinha os filhos? Agora não somente terá que lidar com os problemas das crianças mas também com seus próprios conflitos, emoções, atitudes. Isso é o que mais me preocupa.

Você está lembrada da história da criança que viu a mãe sentada na poltrona, bordando? O menino estava no chão, frente a ela, de onde só era possível enxergar o avesso da tela. Ele não conseguia entender a razão do entusiasmo e alegria da mãe por aquele bordado. A criança só via buracos, nós e fios soltos! 'Por que tanta euforia por algo tão feio?' - o menino perguntava a si mesmo.

Creio, que muitas vezes, a mulher abandonada observa sua vida nas mãos de Deus do mesmo prisma que o menino em relação à tela nas mãos de sua mãe. Você concorda comigo?

Mantenho viva na memória a clara lembrança do dia em que você entregou sua vida a Cristo. Desde então, tenho visto seu crescimento e seriedade para com Deus. Observando sua situação hoje - solidão, coração partido, emoções transtornadas, amargura - percebo que isso tudo consiste simplesmente num grande aglomerado de nós, buracos e fios soltos! Aí vem a grande e inevitável pergunta:

– Será que Deus realmente me ama e está fazendo algo bonito em minha vida?

Minha resposta para você é SIM! Sim, querida amiga. Deus a ama profundamente e está trabalhando em sua vida. Você e eu somos capazes de ver agora somente fios soltos e nós. Um dia contemplaremos o outro lado da tela de sua vida e obteremos respostas às nossas indagações. Porém, enquanto enxergamos apenas este lado da tela, reflitamos sobre alguns fatos que talvez você esteja esquecendo:

1. SEU GRANDE VALOR

Por várias vezes, durante nossa conversa você afirmou sentir-se inútil. Seu valor não diminuiu pelo fato de seu marido tê-la deixado. Não confunda as coisas, minha amiga. Continue sendo o que você sempre foi, pois precisamos de você. Não perca sua coragem e ânimo. Lembre-se… Estamos aqui.

2. SENTIMENTO DE REJEIÇÃO

Sei que dói muito. A rejeição, veio no entanto, de uma só pessoa. Nessas horas, gosto de pensar em Jesus. Ele foi rejeitado por todos. Por isso, Ele pode compreender a profundidade de sua dor. Jesus Cristo jamais a rejeitará.

3. PASSADO, PRESENTE E FUTURO

É impossível apagar o passado, mas o presente determinará seu futuro. A vida não acabou por seu marido ter ido embora! Você possui muita dignidade. Faça algo com sua vida. Existem meios de você realizar-se como pessoa. Pense em suas habilidades ou em algo que sempre quis fazer, e nunca pôde...faça! Aproveite a oportunidade!

4. VOCÊ É AMADA PELO MELHOR HOMEM QUE JÁ VIVEU SOBRE A TERRA!

Sei que você sabe disso, mas é sempre bom lembrar. Só Jesus pode satisfazer nossas necessidades emocionais mais profundas. Ele já a amava antes mesmo de seu nascimento. O amor de Jesus se estende a esse doloroso capítulo de sua vida. Quero ser sua amiga sempre e ajudá-la a carregar esse fardo, mas sei que poderei desapontá-la. Jesus não! Ele nunca falhará com você!

Bem, vou encerrando por aqui. Façamos um trato. Não concentremos nossa atenção em fios e nós emaranhados. Teremos a eternidade para entendê-los. Creio, contudo, que ficaremos tão encantadas com o outro lado da tela a ponto de não nos lembrarmos mais deste!

"Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas cousas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que não se vêem são eternas" (2 Co 4.17,18).

Com muito amor,

Carolina

Carolina Velloso - Esposa do pastor Ary Velloso, da Igreja Batista do Morumbi. É uma das responsáveis pelo Departamento de Música, e participante do Ministério de Mulheres.

veja também