É natural que em alguns momentos um ou outro se sinta pressionado

Saiba como vencer as cobranças em um relacionamento

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

Algumas relações, principalmente no início, são marcadas por um certo medo, receio, e assim começam as cobranças entre o casal. “Experiências em relacionamentos passados podem criar algum registro negativo e deixar vestígios para uma relação futura, em que o parceiro já cobra uma situação para que ela não se repita na vida dele, seja por uma traição ou simplesmente por se sentir injustiçado com algo”, comenta a psicóloga Tânia Couto.
De acordo com o apresentador do programa The Love School - A Escola do Amor (*), bispo Renato Cardoso, no relacionamento, normalmente, o parceiro é cobrado por algo que não sabia que a outra pessoa estava esperando dele: porque se esqueceu de algum compromisso – como data do aniversário ou casamento; por falta de dinheiro para pagar as contas; ou até mesmo porque a pessoa faz algo sem vontade. “O casamento é uma amizade, mas a mulher, por exemplo, não pode esperar que o homem preencha todas as necessidades dela”, destaca.
Em um relacionamento saudável, todos sabem quais são seus deveres e obrigações, e as cumprem da melhor maneira possível, e isso, com o tempo, faz com que o parceiro se acostume com uma atitude. “Quando isso não acontece, surgem as cobranças, pois o outro criou uma expectativa sobre você. As críticas aparecerem e também as discussões. Porém, o problema continua, não foi resolvido, e é quando cada um tem que perceber o que deve mudar”, comenta Tânia.

Primeiramente, analise se as cobranças estão sendo excessivas, ou se realmente elas acontecem. “Tem que haver um equilíbrio”, comenta o bispo Renato. Ouçam um ao outro. Não fique pensando em qual será a sua resposta assim que ele ou ela terminar de falar. Não fique na retaguarda. Procure sugerir soluções.
Segundo Tânia, o momento ideal para iniciar um diálogo é quando o casal está calmo. Tentar resolver o problema quando ele aconteceu, muitas vezes, é aumentar a dimensão dele. Respire fundo, analise realmente qual o motivo de tal cobrança. O que não pode acontecer é a pessoa estar chateada com outra situação e transferir ao companheiro.
“Um dos maiores problemas das cobranças é que geralmente elas não funcionam, porque ninguém gosta de ser cobrado”, alerta o bispo. Durante as exigências, o que fica evidente são os momentos em que um insulta o outro e não o problema, com isso, a situação piora ainda mais.
Dicas de como agir
- Enxergue o ponto de vista do outro;
- Veja a realidade da outra pessoa;
- Saiba a maneira de falar. Não passe a sensação de cobrança;
- Ouça mais e fale menos;
- Não crie expectativas. Ajuste-as;
- Procure variar sua rotina no relacionamento;
- Ajude o companheiro a lembrar o que quer;
- Cumpra com suas obrigações.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições