Ensine seu filho a ser independente

Ensine seu filho a ser independente

Atualizado: Terça-feira, 9 Março de 2010 as 12

Aprenda como estimular a autonomia dos pequenos e desperte o que eles têm de melhor

Filhos autônomos: é possível!

Paciência e pulso firme, é disso que você precisa para educar seu filho e criar um heroizinho capaz de conquistar o que quiser! Como? Ensinando o pequeno a ter autonomia, oportunidades de escolha, estimulando o raciocínio e dando opções para seu filhote escolher o que é melhor, sempre com supervisão, é claro! Cleusa Beckel, pedagoga do Rio Grande do Sul, dá as dicas para cada fase.

Até 30 meses

. Segure a mamadeira junto com ele e solte aos poucos. Faça a mesma coisa com a colher na hora de comer.

. Brincou, guardou. Arrume uma caixa para a criança jogar todos os brinquedos.

. Conte com ele os objetos que já foram para o recipiente.

. Comece a estimulá-lo lendo e fazendo-o imitar os bichos do livro de histórias.

30 meses a 4 anos

. Ele já pode usar copos (de plástico) e tem autonomia para se alimentar.

. Nas histórias, faça-o criar outro final para estimular o pensamento e a imaginação.

. Incentive brincadeiras com massinha (comestível) ou argila. Isso estimula a criatividade e a motricidade, pois ele tem que mexer os dedos, apertar a massa e ter coordenação motora.

. Peça-lhe para dar recados e deixe-o atender o telefone.

. Mostre-lhe que há hora para falar e precisa respeitar o espaço dos outros.

4 a 6 anos

. Desenvolva a percepção dos pequenos e a ideia de cidadania. Colete folhas, produtos reciclados e coloque-os em um saco. Faça-o adivinhar com o tato o que está pegando. Depois, use o material para produzir brinquedos e personagens.

. Peça ajuda para fazer um bolo. Pergunte a quantidade de ovos, o sabor da comida e a consistência dos alimentos.

. Deixe-o tomar banho e se vestir sozinho.

. Faça com que ele escolha um ambiente para fazer lição. Ele pode ajudá-la a organizar o quarto e a arrumar a cama.

. Nas decisões precipitadas, mostre que há alguma coisa errada, mas SEM falar o que é. Um pé de sapato trocado ou uma camiseta do avesso.

. Nunca troque ações por prêmios e brinquedos.

Depois dos 6 anos

. Mostre que ele tem liberdade para tomar atitudes e fazer escolhas, mas não pode fazer tudo o que tem vontade.

. Vá soltando as rédeas aos poucos e puxe no caso de algum escorregão, uma advertência ou mentira.

. Atividades extras são supernecessárias! Deixe-o escolher, mas faça um mix entre esporte e estudos. Uma aula de inglês e o balé ou o vôlei e a música.

. Ajude-o a organizar seu tempo mas não lote sua agenda. Crianças precisam de tempo para brincar.

. Um momento de união diária é importante! Ouça a criança e conte algum fato interessante do seu dia.

. A base já está construída. A criança vai crescer e aprimorar o que aprendeu até agora.

veja também