Entrevista: Pr. Josué Gonçalves:Todo pastor precisa de um mentor!

Entrevista: Pr. Josué Gonçalves:Todo pastor precisa de um mentor!

Atualizado: Sexta-feira, 14 Novembro de 2008 as 12

Entrevista: Pr. Josué Gonçalves

Todo pastor precisa de um mentor!

Ele é um dos pastores mais conceituados e experimentados em terapia familiar e aconselhamento de casais. Escritor e conferencista internacional, Josué Gonçalves ainda apreserva o estilo acessível e manso característico dos pastores de antigamente. Nessa entrevista exclusiva, ele fala sobre namoro, homossexualidade e pastores que enfrentam problemas no casamento. Confira!

Guia-me: A que o senhor atribui o sucesso dos materiais - livros, CDs e DVDs voltados ao aconselhamento de casais?

Josué Gonçalves: Nunca tivemos uma crise no relacionamento de casais e de família como estamos tendo hoje. Atribuo essa busca por informação nessa área a muitos fatores, o principal deles são as mudanças sociais apresentadas pela mídia, que incentivam a prática da inversão dos valores familiares. A mídia tem o poder de influenciar até mesmo o mundo cristão.

Guia-me: E qual é a saída para acabar com essa influência?

Josué Gonçalves: A saída é a igreja investir de forma mais efetiva em trabalhos para a reconstrução moral da família. Eu tenho uma mensagem onde falo que o começo da construção da família é o namoro responsável e o início desse namoro tem como base a orientação dos pais. Mas a maioria dos pais também não foram orientados. Por isso, a igreja tem que investir em ensino e orientação. O pastor tem que entender que quando ele investe na base, na raiz, diminuem os problemas de gabinete.

Guia-me: Como o senhor avalia movimentos a favor do casamento entre homossexuais e a PL122?

Josué Gonçalves: Sutilmente, nosso arquiadversário, que é o diabo, quer criar uma situação para que a igreja não pregue mais contra aquilo que a Bílbia prega, que são as práticas homossexuais.

Guia-me: É triste constatar que existem vários pastores com problemas no casamento. Como solucionar isso?

Josué Gonçalves: Existe uma válvula de escape para o casamento do pastor chamada prestação de contas. Uma vida sem supervisão não é vivida com responsabilidade. O grande problema é que os pastores se fecham. É preciso constituir um grupo de pessoas com as quais ele se relaciona para ter esse suporte. O pastor tem que ser discípulo de alguém, todo pastor precisa de um mentor. Nos Estados Unidos existem clínicas pastorais para pastores. Mas isso não é comum no Brasil.

veja também