Estimule seu filho a ler

Estimule seu filho a ler

Atualizado: Quarta-feira, 4 Março de 2009 as 12

A saúde da criança também está ligada a atividades saudáveis. No corre-corre do dia-a-dia, muitos pais não se dão conta da importância de interagir com seu filho e, principalmente, o bem que faz ler um livro com os pequenos. Ao estimular a leitura, os pais participam do desenvolvimento deles, além de poder deixar o estresse de lado, pois também é um momento de doação, relaxamento e resgate da infância.

De acordo com a pedagoga Marcela Christina Rodrigues, toda criança precisa desse carinho. "É possível perceber a diferença de uma criança que tem como hábito a leitura e essa interação com os pais. São crianças mais espertas, felizes e com menos problemas de comportamento", acredita.

A pedagoga diz que os responsáveis não devem usar a leitura como forma de punição. "Ler deve ser prazeroso. Se a criança só faz isso quando está de castigo, a prática terá conotação negativa", explica.

Quanto mais cedo o estímulo à leitura, melhor. Segundo Marcela, o gosto das crianças pela leitura vem com a variedade. "Há livros para todas as idades. No primeiro ano de vida, os livros indicados são os coloridos e que privilegiam o tato. Para as crianças dos três aos seis anos, os livros possuem pouco texto e muita imagem. Dos seis aos oito, a criança começa realmente o aprendizado e consegue ler textos simples com o auxílio das imagens. Aos poucos, a criança consegue se aprimorar e se interessar mais pelas histórias e querer ler cada vez mais", ressalta.

O exemplo também é fundamental para a permanência do interesse da criança pelos livros. "Toda criança gosta de ler, mas se não tiver exemplo e estímulo dentro de casa passa a substituir esse prazer por outra coisa. É importante que os pais leiam mais para que os filhos sigam o exemplo. Programas como livrarias, bibliotecas e bienais devem ser cada vez mais freqüentes", finaliza.

 

veja também