Excesso de informação faz jovens buscarem múltiplas formas de se comunicar

Excesso de informação faz jovens buscarem múltiplas formas de se comunicar

Atualizado: Quarta-feira, 18 Novembro de 2009 as 12

A geração digital tem motivos para se preocupar com as várias formas de comunicação, principalmente as digitais. Estudo mostra que o acesso à informação mudou o perfil de jovens com idade entre 9 e 12 anos.

Diferentemente dos pré-adolescentes de gerações anteriores, que se relacionavam bem com o mundo sem buscar muitas informações fora da esfera da convivência, os jovens de hoje potencializam a necessidade de buscar cada vez mais essas informações justamente por serem bombardeados por elas.

Por conta disso, esses jovens passam a ter necessidade de se comunicar de formas múltiplas, especialmente por meio de ferramentas virtuais, ligadas à rede. As constatações são de estudo da Voltage, agência especializada em pesquisas comportamentais.

Telefone fixo?

O estudo constatou que os pré-adolescentes usam pouco o telefone fixo de forma efetiva. Já o celular é a peça mais importante para eles, conferindo certo status entre os amigos. Mensagens instantâneas e redes sociais como o Orkut são ferramentas que os ajudam a mostrar ao mundo quem são.

Mas, segundo especialistas, tanta tecnologia está comprometendo o convívio social desses jovens. O uso cada vez maior dos espaços virtuais faz com que eles deixem a comunicação presencial de lado. Segundo o estudo, esses jovens passam de duas a três horas, ao menos, na web, acessando redes sociais.

Esse novo perfil está, inclusive, obrigando as escolas a mudarem o modo de dar aulas. "As escolas com um perfil mais tecnológico e com pedagogias alternativas têm sido mais criativas na embalagem do conhecimento a ser passado", afirma o diretor-geral da agência, Paulo Al-Assal.  

veja também