Fantasia sexual é pecado?

Fantasia sexual é pecado?

Atualizado: Sexta-feira, 8 Novembro de 2013 as 7:51

fantasia sexualNo site amofamilia.com.br, o pastor Josué Gonçalves publica alguns artigos sobre casamento e sexualidade e também responde a algumas dúvidas dos internautas.
 
Um das dúvidas enviadas por uma internauta é a respeito de determinadas fantasias sexuais. Confira a pergunta e a resposta:
 
Pergunta:
Há dois anos, eu e meu marido entregamos nossa vida a Cristo. O problema é que ele tem determinadas fantasias sexuais que me deixam confusa. Meu marido pede que eu me vista como algumas personagens mundanas (ex. Tiazinha, Feiticeira, etc.) Não sei até que ponto isso é pecado. Que devo fazer?
 
Resposta:
Criar “fantasias” acerca de uma mulher que não é a esposa, é “lascívia” e segundo o que Jesus disse é equivalente a prática do adultério (Mt. 5:28). Mesmo na hora da maior intimidade, a Bíblica diz que devemos manter os pensamentos puros (Fl. 4:8) e levando-os cativo a obediência de Cristo (2 Co. 10:5). 
 
Nunca se esqueça de que a mente é a porta de entrada que dá para o coração e emoções. Se você agasalhar pensamentos impuros e lascivos, eles o farão sentir lascivo. “Por que assim como (o homem) imagina em sua alma, assim ele é”. (Pv. 23:7) 
 
Na pratica das “fantasias” a pessoa pode estar “usando” o cônjuge em vez de “amá-lo”, e ao mesmo tempo cria expectativas irreais. Nem sempre por que alguma coisa é estimulante, significa que seja certo usá-la.
 
O homem é excitado pelo que vê e a mulher mais pelo toque e através do que ouve, foi Deus quem os fez assim. A mulher sábia sempre deve vestir-se da melhor maneira possível na sua intimidade, para realizar seu marido no ato sexual, porém, sem extrapolar os limites do bom senso e os princípios da Palavra de Deus.
 

veja também