Filhos, ciúme e atenção

Filhos, ciúme e atenção

Atualizado: Quinta-feira, 18 Março de 2010 as 12

Verdade ou não, as crianças vivem se queixando que os pais dão mais atenção para seus irmãos do que para elas. E, de fato, isso pode acontecer. Como cada filho tem necessidades específicas, é realmente muito difícil tratá-los da mesma forma. Para não gerar brigas e crises de ciúme, a saída é ser sincero e mostrar que cada um à sua maneira recebe a atenção e o carinho dos pais. O mesmo vale para brinquedos, roupas e presentes: não é porque um filho precisa de um tênis novo que o irmão tem que ganhar seu par. "Quem têm que ponderar o que cada um precisa são os pais, mas cabe a eles proporcionarem a todos as mesmas condições", diz Sandra Leal Calais, psicóloga da Unesp (SP).

por Bruna Menegueço, Eduardo Duarte Zanelato e Thais Lazzeri

veja também