Grávida e Sedutora

Grávida e Sedutora

Atualizado: Quinta-feira, 28 Outubro de 2010 as 11:46

Com a chegada da gravidez, muitas mulheres ficam com a autoestima lá embaixo. Engana-se quem pensa que a súbita mudança no humor e no bem-estar das gestantes se deve somente às alterações estéticas. Os maiores vilões da história, segundo os especialistas ouvidos pelo site da revista Pais & Filhos, são os hormônios.

"Com as mudanças hormonais que acontecem a cada mês, a autoestima das mulheres vai mesmo parar no chinelo", explica a psicoterapeuta Juliana Medeiros. "O aumento do peso também é um fator, mas não o considero o principal".

Mesmo nesta montanha-russa de emoções, a mulher não deveria se ver menos sexy. "As gestantes não podem esquecer que elas são mulheres, e não é porque elas se tornarão mães que essa condição mudará", explica a especialista.

Segundo ela, essa percepção da maternidade próxima é relevante porque, na nossa sociedade, é pressuposto que mães não são sensuais. "Quando você pensa em alguém sexy, não vem a imagem de uma mãe na cabeça", pondera. "É claro que as gestantes estão iniciando um novo papel na vida, mas elas não podem esquecer os outros, até porque os companheiros também têm expectativa".

E muitos homens se sentem atraídos pela sua mulher grávida. A explicação não é racional, mas quase natural. Para Medeiros, essa atração está relacionada à própria evolução do relacionamento, mas também ao orgulho que o pai sente ao ver a mulher carregando o seu filho.

Em meio às preocupações estéticas, o mais importante, entretanto, é que as gestantes sigam orientações para ter uma alimentação saudável por motivos de saúde.

"As mulheres não devem pensar que, por estarem grávidas, devem comer por dois", adverte a nutricionista Amanda Epifanio. "O cardápio deve ser recheado com ferro e cálcio, ou seja, muito leite (no mínimo três copos) e feijão, que deve estar presente no almoço e jantar".

Carboidratos, açúcar, sal e sódio devem ser evitados. "É claro que as exceções existem, e uma vez por semana a mãe pode comer uma sobremesa que não seja fruta ou ceder ao fast food. O importante é que essas situações continuem sendo exceções", explica Amanda. O motivo da preocupação é a possibilidade que a grávida se torne hipertensa ou fique com diabetes gestacional.

Seguindo as orientações, a grávida muito provavelmente engordará de 8 a 16 quilos. Com esse peso adicional, ela consegue voltar a seu peso inicial em dois meses, segundo Juliana. "A gente brinca que 3 quilos ‘saem’ das grávidas com o bebê", conta a nutricionista. "No primeiro mês, com toda a energia que a amamentação demanda, a nova mãe consegue perder de 5 a 6 quilos".

O segredo, então, é ser sexy e responsável simultaneamente.

Veja aqui algumas dicas para ressaltar o charme das novas mães:

1. O seu marido está orgulhoso dele mesmo, por ter te dado um filho, e também orgulhoso de você, que está carregando o bebê.

2. As suas novas curvas te incluem em um grupo do qual há pouco tempo faziam parte Juliana Paes, Letícia Spiller e Penélope Cruz. Quem pode pedir mais?

3. De uma certa forma, será uma outra "primeira vez" de vocês. O corpo diferente requer criatividade para um novo entrosamento. A expectativa em frente ao novo volta. Lembra-se dela?

4. Os seus olhos maternais terão muito mais poder.

5. Agora, chega de se preocupar com anticoncepcionais, tabelinha e menstruação atrasada. Esse sentimento de liberdade é mais um motivador.

6. Como uma nova mãe, você está radiante. Convivendo com você, ele provavelmente está fascinado e adorando a sua alegria.

7. Com todas as mudanças em seu corpo, os hormônios devem estar uma loucura! O que quer dizer que você, talvez, também fora de controle, procurando por novas experiências...

8. Por mais que você não se sinta uma boneca de porcelana, pode ter certeza que sua pele está mais macia que a de um pêssego – também pode ser resultado dos cremes anti-estrias, mas ninguém precisa saber disso.

9. Agora além de amantes, você e seu companheirp são parceiros. O sentimento de respeito e admiração já deve ter tomado conta dele.

10. Querendo ou não, quem está se arriscando em nome da equipe é você – e com muita graça e confiança, cabe dizer.

veja também