Homem tecnossexual

Homem tecnossexual

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 2:44

Existe de tudo no mundo masculino desenhado pelas mulheres. Metrossexual, überssexual, bissexual.

.. e agora, tecnossexual. Esse novo espécime apresenta quase todas as qualidades do metrossexual - cuida da forma e da imagem, gosta de moda e tem boas maneiras - e ainda domina o mundo hi-tech.

É a nova versão do geek ou nerd, agora arrumadinho, repaginado. Se importa tanto com a aparência quanto com novos gadgets - ou quebra-galhos da avançada tecnologia. Gasta tanto com perfume e academia quanto com novos aparelhos celulares e notebooks.

Em 2004, o consultor americano Ricky Montalvo definiu o conceito, que envolve estilo de vida, moda e cultura. É dele o verbete do Urban Dictionary (site que agrupa gírias e termos e é abastecido por quem quiser) que define o termo. "Ser geek agora é cool", diz Montalvo, que já teve 17 celulares diferentes nos últimos cinco anos. Pela definição dele, o tecnossexual é um narcisista que não ama apenas ele mesmo, mas também seu estilo de vida urbano e os gadgets. É um homem que está em contato com seu lado feminino e também aprecia eletrônicos como celulares, PDAs, computadores, software e a internet. É aquele que tem um celular de terceira geração e seu computador está conectado à rede 24 horas por dia. Além disso, não sai de casa sem iPod ou mp3 player.

Há dois anos, pensando nessa nova onde de homens, a Calvin Klein lançou um perfume com uma roupagem hi-tech, que mais parece de um iPod. Na campanha do "CKin2U", colocou um homem deitado na cama, com um MacBook no colo, uma televisão de plasma na parede e um iPhone na estante. "Nós fizemos a primeira fragrância para a geração tecnossexual", afirmou Tom Murry, diretor executivo da marca, usando o termo de Montalvo.

Esse homem moderno adora os aplicativos que facilitam a vida em situações como escolher um sushi bar ou a melhor opção de cinema. Esse mesmo aparelho (celular provavelmente), ou algum multimídia parecido, serve para que ele se relacione com os amigos e "twitte", de onde quiser.

O blogueiro Max Pires, de Santa Catarina, nem sabe, mas é sim um tecnossexual. Se preocupa com a aparência e não sai de casa se não estiver cheiroso ou sem o celular de última geração no bolso. Tem iPhone, notebook, celular Nextel, som do carro com mp3 e o vídeo-game "Guitar Hero". "Como trabalho com tecnologia, sempre me interesso por novidades que possam facilitar minha vida e trazer mais diversão", define. Usa a internet o tempo todo e participa ativamente do Twitter, Orkut e blogs. Acessa também, em menor frequência, Facebook, MySpace e Drimio.

Além disso tudo, Max entende de moda. "Ela dita seu estilo e a forma como as pessoas te observam", filosofa. Como trabalha na área comercial, sempre procura estar bem vestido. Lê bastante sobre tendências, curte piercing, tatuagem e diferentes cortes de cabelo.

E as mulheres, notam tanto empenho misturado com os conhecimentos tecnológicos? Será que um iPhone ou uma câmera digital de última moda pode ajudar a conquistar algumas mulheres? Max acha que, independente do estilo de vida, todos os homens são obrigados a se cuidar.

"Usar um bom perfume e estar bem vestido é o mínimo que se pode fazer caso queira conquistar alguém", afirma Max. Segundo ele, os produtos de alta tecnologia estão associados diretamente ao poder aquisitivo e, querendo ou não, isso faz a diferença. "Não é à toa que muita gente faz de tudo para ter um carro legal", opina. "Mas com certeza existem mulheres que se sentem atraídas por tecnologia". Elas não resistem ao charme "geek cool"! E você, está pronta para acompanhar essa criatura e se tornar uma tecnodiva?

veja também