Homens da Bíblia - Ló: homem justo que se incomodava com a maldade

Homens da Bíblia - Ló: homem justo que se incomodava com a maldade

Atualizado: Segunda-feira, 3 Outubro de 2011 as 10:03

Sim, apesar de tudo, Ló foi uma pessoa justa (II Pedro 2:7-8). Para quem começa a ler a história dele, pode pensar que era um homem muito carnal e cruel. A verdade é que ele viveu a consequência da sua escolha.

Enquanto ele andou com seu tio, pôde ir com ele até a Terra Prometida e prosperou (Gênesis 12:4). Depois, começaram a brigar porque o rebanho de ambos cresceu e iniciaram os conflitos sobre quem teria mais direito a água (Gênesis 13:5). Foi nesse momento que resolveram se separar e Abrão deixou Ló escolher a terra que queria, para que ele fosse na direção contrária. Este foi o início do erro de Ló: a má escolha. Ele quis Sodoma e Gomorra (Gênesis 13:10, 11).

Quantas vezes você acha que tem uma vida ruim? Por quantos caminhos já percorreu porque quis, por conta própria, achar uma resposta para as desavenças? Quantas vezes já não disse: “Eu queria sumir para ninguém saber onde estou”? Deus nos deu o livre arbítrio, mas devemos ter cuidado para usá-lo de forma correta, para que a sua escolha não influencie negativamente na história de sua vida.

E foi exatamente isso que aconteceu com Ló. Depois que escolheu aquelas terras, viveu e viu várias desgraças. A primeira delas é que ele, toda sua família e seus bens foram sequestrados por tribos invasoras (Gênesis 14:12) e, quem foi que resgatou Ló? Abrão. Isso mesmo, ele sabendo do que tinha acontecido com seu sobrinho, se preocupou e foi atrás dele, com seus 318 guerreiros.

Isso mostra que a ajuda sempre vem de onde menos se espera. Será que Ló tinha a esperança que seu tio fosse salvá-lo? A família deve ser sempre valorizada, independente do que tenha acontecido, das discussões e da distância.

Depois que ele voltou, começou a viver em Sodoma. Deus enviou anjos para tirar Ló daquela cidade. Foi quando alguns homens desejaram os seus visitantes. Atemorizado, Ló chegou a cogitar a entrega de suas filhas virgens para salvá-los (Gênesis 19:6-8), mas ele não o fez. Os visitantes agarraram Ló, o puxaram para dentro de casa e feriram os homens (Gênesis 19:11) para salvar Ló e sua família. Deus então destruiu Sodoma e Gomorra (Gênesis 19:24).

E isso ainda não foi o fim. Ló só conseguiu sobreviver porque aqueles homens o tiraram à força de Sodoma e Gomorra. Depois que ele começou a viver nas montanhas, suas filhas o embriagaram e se deitaram com ele (Gênesis 19: 33-35). Este incesto deu origem a dois povos, os moabitas e os amonitas, que futuramente dariam problema aos israelitas.

Todos nós passamos por momentos de escolhas na vida. E ter o direcionamento de Deus é fundamental. Ló se deixou levar pela beleza das terras e não sabia o que havia nelas. Ele também não queria voltar atrás em sua escolha, teve que ser retirado à força para não morrer. Será que é preciso passar por todos os sofrimentos para entendermos o que Deus tem para nós? A separação de Ló e Abrão acarretou em libertinagens e imoralidades.

Mesmo em meio a tudo isso, a Palavra conta que Ló se afligia em sua alma por ver e ouvir tanta maldade (II Pedro 2:8). Foi por conhecer o coração dele, que Deus o salvou. Diferente aconteceu com a esposa, que olhou para traz e se transformou em estátua de sal (Gênesis 19:26).

Quando Deus nos liberta de algum sofrimento, não podemos nos lamentar, olhar para traz, ficar com saudade de uma terra que só trouxe lástima. Se Ló tivesse escolhido corretamente, ele não teria vivido tantos medos.

Qual foi a escolha que você fez em sua vida? Será que está no caminho certo? Será que é isso que Deus tem para você? Preste atenção aos sinais que Ele mostra, talvez esteja tentando lhe salvar de algum sofrimento e você está insistindo em viver em “Sodoma e Gomorra”. Liberte-se. Perceba, Deus quer livrar você; não seja orgulhoso e receba a ajuda daqueles que lhe estendem as mãos.    

veja também