Homens e mulheres: Amigos inseparáveis, mesmo com tantas diferenças

Homens e mulheres: Amigos inseparáveis, mesmo com tantas diferenças

Atualizado: Sexta-feira, 16 Janeiro de 2009 as 12

Homens e mulheres... Seres humanos falando a mesma linguagem, mas com inúmeras diferenças. De acordo com estudos realizados em diversas faculdades em todo o mundo, quando essas diferenças são entendidas, marido e mulher se tornam amigos inseparáveis. Pois quando entendem e aceitam que pensam de maneiras diferentes, os conflitos diminuem.

Eles têm uma percepção mais adequada de espaço. Elas se comunicam com muito mais facilidade. Embora haja exceções, os homens na maioria das vezes dominam o raciocínio em matemática com mais velocidade. As mulheres, no entanto, têm em suas mãos uma percepção de detalhes que foge à maioria dos homens.

O mais incrível é que muita gente ignora a questão e passa a vida inteira tentando se convencer de que o universo masculino é igual ao feminino. O resultado é sempre o mesmo: uma infinita insatisfação pessoal.

As diferenças já começam na estrutura física

De acordo com autoridades da Medicina do Esporte, no que se refere ao potencial de força física entre homens e mulheres, elas são em média 30% menos forte que eles. Enquanto o peso dos músculos do homem atinge 40% do peso total do corpo, o da mulher chega a apenas 33%.

Os hormônios são a resposta para toda essa diferença. Ainda que uma mulher treine constantemente, jamais será igual ao homem. Isso porque o desenvolvimento da força física está associado ao hormônio masculino testosterona, com características anabólicas e androgênicas. A mulher também produz testosterona, caso contrário, não ficaria de pé.

Uma pesquisa realizada na área comprovou que a produção de testosterona no homem chega a 10 mg diários, enquanto na mulher não passa de 0,1 mg.

A autora do livro "Como as Mulheres Pensam" – que se tornou um best-seller, sendo traduzido para 18 idiomas –, a neuropsiquiatra americana Louann Brizendine, aponta as razões biológicas como responsáveis por todas as diferenças cerebrais entre o universo feminino e o masculino.

O que se sabe é que, no cérebro masculino, a estrutura dedicada ao impulso sexual é duas vezes e meia maior que a do cérebro feminino. Nas mulheres, os circuitos ligados à audição e à linguagem têm 11% mais neurônios que nos homens e a estrutura relacionada à emoção e à formação da memória também é maior.

A Bíblia nos apresenta um exemplo bastante interessante dentro desse assunto das diferenças. Após a morte de Sara, mãe de Isaque, este entrou na tenda e tomou Rebeca como esposa, a amou e, assim, foi consolado. (Gênesis 24.67)

Ora, Sara tinha acabado de falecer, e embora Isaque tivesse sofrido com a morte da mãe, não havia mais o que fazer. Se a mãe fosse de Rebeca, talvez a relação não tivesse acontecido. Pois os sentimentos dela falariam mais alto, por ser uma mulher.

Vários estudos e pesquisas indicam que os homens pensam com um hemisfério do cérebro de cada vez ao desempenhar uma atividade, já as mulheres usam os dois. Cientistas acreditam que, talvez por essa razão, elas realizam várias atividades ao mesmo tempo, enquanto os homens encontram grande dificuldade. A concentração do homem é maior. Em relação aos relacionamentos, isso pode ter um peso negativo, porque há uma distração natural no que se refere às vontades das outras pessoas.

No quesito inteligência, os dois empatam, mas há diferenciações. Os homens encontram muito mais facilidade para pensar visualmente; a mulher, no entanto, traduz sentimentos em palavras com rapidez, além de ter muita facilidade de interpretar expressões faciais com um simples olhar, o que permite que elas percebam o que uma outra pessoa está sentindo. Isso se explica pela maior quantidade de células nervosas do cérebro feminino e que são muito mais ativas que nos homens.

O que se sabe é que o sexo masculino recebe um banho de testosterona durante a fase fetal, isso diminui o tamanho de algumas estruturas no cérebro, como os centros de comunicação e emoção. Dos 9 aos 15 anos, há um aumento progressivo de testosterona nos meninos – chegando a 25 vezes. Da mesma forma que a testosterona age diretamente em algumas células, fazendo-as crescer, também agem em algumas regiões, encolhendo-as e matando-as.

Deus criou o homem e a mulher separadamente com suas diferenças, para que um completasse a outro. Quando ambos cumprem seus papéis, procurando conhecer e compreender o universo do outro, certamente há o fluir de Deus no relacionamento. As lutas passam a ser uma rotina que antecede grandes conquistas.

veja também