Hora de arrumar a casa

Hora de arrumar a casa

Atualizado: Sexta-feira, 1 Fevereiro de 2008 as 12

Nem todas as pessoas têm o dom da organização, mas todas que desejam podem ser organizadas. Como assim? Muito fácil: organizar nada mais é do que priorizar. É necessário estabelecer o que é mais ou menos importante para você em determinado momento.

Para quem tem o dom e gosta, já é possível conciliar prazer e lucro. A profissional de "Assessoria Doméstica",  hoje, nada mais é do que a antiga governanta. Ela atende pessoas que não dispõem de tempo para cuidar do lar. Dentro do seu planejamento, está a administração de todas as coisas. Desde listas de compras, organização de despensa, contratação de faxineiras, pagamento de contas, detalhes para um jantar ou até mesmo uma grande recepção. A vantagem da profissão é poder atender várias pessoas ao mesmo tempo e cobrar por hora de trabalho.

É preciso perder um pouquinho de tempo para começar, mas os resultados são surpreendentes. O primeiro passo é determinar por onde iniciar, pois a escolha precisa contribuir para outras tarefas. É como uma receita de bolo: a primeira coisa a fazer é verificar se há todos os ingredientes. Se acontecer um erro, lembre-se de que você está aprendendo e a perseverança é indispensável em qualquer aprendizado.

De acordo com a orientação de algumas assessoras domésticas de empresárias e executivas, o grande segredo para quem não consegue se organizar, mas deseja aprender, é ir até o fim quando começa algo e transformar o ?priorizar? em regra.

Segundo as profissionais da área, o hábito da organização gera mais espaço, tempo e praticidade. É preciso dividir espaços da casa para organizar coisas em comum. Exemplo: armários e closets, quartos infantis e brinquedos, cozinhas e despensas, áreas de serviço e banheiros. CDs, DVDs e livros podem ficar em um mesmo lugar.

Produtos de limpeza em uso, em local de fácil acesso, nem tão baixo e nem tão alto, e na frente dos frascos que ainda não foram abertos. Produtos iguais em estoque, enfileirando um na frente do outro. Os que vencem antes devem ficar mais à frente, o que vai durar mais fica no fundo. O mesmo serve para os enlatados no armário da despensa: quando um sair, outro toma o seu lugar, como nos supermercados.

No guarda-roupas, separe as peças que são utilizadas mais freqüentemente, e deixe-as nas prateleiras mais fáceis de alcançar.

Camisetas e shorts podem ser armazenados enrolados (dobre no meio e depois enrole começando pela gola, ou pelo elástico da cintura). As roupas íntimas e meias podem ficar enroladinhas em gavetas, caixinhas, divisórias ou sacos-cabide.

Na cozinha, não misture facas com pegadores e conchas, pois na hora de usá-los, pode acontecer um acidente. Vidros, louças e porcelanas devem ficar em um lugar, panelas em outro e plásticos ainda em outro.

Vassouras, rodos, panos de chão e pregadores de roupa também precisam ter o seu cantinho, de preferência em lugares escondidinhos na área de serviço. Os sacos de lixo normalmente são embalados juntos e, na hora de retirar um, saem muitos ao mesmo tempo. A solução é tirá-los e empilhá-los um em cima do outro ou dobrá-los um a um em rolinhos. Na hora da pressa vai fazer uma grande diferença. Saquinhos de supermercado podem ser guardados no guarda-saco após serem esticados e enrolados no sentido fundo/alça.

Não havendo guarda-sacos, as sacolas de mercado podem ser armazenadas em um cesto pequeno, caixa de papelão ou até mesmo em uma das sacolas, pendurada em local estratégico.

Telefone sem fio deve ficar sempre na base. Perto dele, lista telefônica, caderneta de telefones, assim como bloquinho de anotação e uma caneta. No caso dos controles remotos, o ideal é que, fora de uso, fiquem sempre ao lado ou em cima do eletrodoméstico correspondente.

A faxina precisa ter dia e horário certo para não atrapalhar as outras funções. O ideal é que a roupa seja lavada pela manhã para aproveitar o horário do sol. Respeitar horários é de extrema importância para não atrapalhar outras atividades como a preparação do almoço ou do jantar.

Uma ótima dica é organizar uma agenda semanal e outra mensal.

É bom lembrar novamente do quesito ?prioridade?. Há tarefas que são feitas com mais freqüência do que outras. Fica possível, assim, organizar limpeza de armários altos, bibliotecas e rever objetos que já não servem mais.

É interessante também reservar um lugar para bolsas e chaves para quando se entra em casa. Na hora da saída, isso pode facilitar bastante.

Tudo dentro de uma casa precisa ter um lugar certo para ficar. Contas pagas em uma caixa ou suporte e contas para pagar em outra caixa. Documentos necessitam de um lugar especial como pastas. Elas podem ser organizadas com etiquetas por assunto. (contas antigas, faturas, boletos, comprovantes, etc.).

Mão na massa

1- Prateleira, gaveta, bancada ou armário: retire tudo e só reponha novamente o que vai usar

2- Tire do seu espaço físico todas as coisas que não usa, mas das quais não consegue se desfazer, e guarde numa caixa. Escreva nela o que há dentro e a data. Se em um ano você não as usar, certamente não usará mais. Jogue fora ou doe para alguém.

3- Perfumes ou cosméticos com mais de um ano e protetores solares com mais de dois anos podem ser jogados fora.

4- Recolha todos os papéis espalhados pela casa, separe por assunto e ponha todos em clips e caixas, com exceção dos mais importantes. Eventualmente poderá deslocar cada um para o lugar certo.

5- Uma boa dica para organizar tudo são os recipientes de plástico transparentes com tampa. Eles podem ser adquiridos segundo a necessidade de cada casa, de preferência em tamanho igual para facilitar o empilhamento, que dá uma idéia melhor de organização.

6- Nas compras maiores, faça uma lista de compras antes de sair de casa. Organize a lista de maneira que você pegue tudo que precisa de cada setor de uma só vez. Exemplo: sabão em pó, detergente, alvejante. Congelados, carnes e laticínios. Ração e objetos para animais. Arroz açúcar, feijão, etc.

Fonte : Agência Unipress Internacional

Postado por Nany de Castro

veja também