Indo ao supermercado

Indo ao supermercado

Atualizado: Segunda-feira, 16 Novembro de 2009 as 12

É uma das cenas mais comuns na vida das pessoas e famílias: ir ao supermercado.

Neste artigo eu quero compartilhar com você algumas dicas que considero importantes quando você for ao supermercado.

Quantas vezes ir?

Há controvérsias, mas eu acho que é melhor ir apenas uma vez por mês, no máximo duas. A razão é simples: como em geral as pessoas não tem uma lista de itens, é comum elas levarem muitas outras coisas além das que realmente necessitam toda vez que vão às compras. Resultado: Gastos acima do necessário.

O que devo comprar?

Compre apenas o que for necessário para o mês. Fazer estoque não é uma boa porque se o fizer, você poderá estar tirando dinheiro que atenderia outras necessidades. É claro que se houver uma boa promoção de algum produto, você poderá levar um pouco mais. Mas certifique-se de que não vai consumir tudo antes do tempo, pois se isto acontecer, a decisão de comprar a mais não terá valido a pena. Isto acontece normalmente com supérfluos tais como biscoitos e guloseimas. As crianças não perdoam e consomem mais em menos tempo, e assim a vantagem da promoção vai para o ralo.

Caso você necessite de algum produto que faltou ao longo do mês, compre-o na mercearia mais próxima. Assim você não perderá tempo com transporte. Mais uma vez digo: compre apenas o necessário. 

E as crianças? Devo levá-las ao supermercado?

A resposta clássica é: não! Porque elas atrapalham. E não deixa de ser verdade.

Mas pense bem, se você nunca levá-las, quando elas aprenderam a fazer compras no supermercado? Quando casarem? Eu acho que o mais importante é conversar com elas e, no processo de educação financeira, fazer delas um aliado. Uma sugestão seria estabelecer um ou dois itens que elas poderão escolher para si (normalmente optarão por guloseimas) e contar com elas para comparar preços e qualidade dos produtos. Ou seja, se você se interessar em educá-las financeiramente, a ida ao supermercado poderá ser um tempo precioso de aprendizado, lição que certamente, e infelizmente, elas não terão na escola.

Devo ir a vários supermercados?

Se você mora em grandes cidades, como nas regiões metropolitanas, eu diria que, em geral, não vale a pena, porque os gastos com transporte podem não compensar as diferenças de preço nos produtos. Mas mesmo assim, vale a pena comprar em supermercados diferentes a cada mês para ver como os preços estão se comportando e daí optar por aquele que tem os melhores preços.

Caso você more numa pequena cidade, na qual tudo é muito perto, seria uma boa idéia fazer a comparação de preços dos diversos itens e serem comprados.

Como estabeleço o valor de supermercado no orçamento?

Este é um dos itens que costumam variar bastante. Minha sugestão é que, num primeiro momento, você coloque o valor da média dos últimos seis ou doze meses. Então vamos supor que, com base nesta sugestão, você orçou o valor de R$ 400,00 de supermercado. O importante agora é não ultrapassar este valor, para não comprometer o equilíbrio do seu orçamento. Como fazer ao longo do mês? Pelo menos uma vez por semana, anote no orçamento os gastos que você fez e vá monitorando para que fique no limite de R$ 400,00. Feito isto é só comemorar no final do mês.

Outras sugestões

Algumas são bem clássicas tais como ir bem alimentado senão tenderá a comprar tudo o que é de comida; não fazer compras apressadamente para ter tempo de analisar preço/qualidade dos produtos; uma lista de compras é sempre desejável.

Sucesso!

Paulo de Tarso

Paulo de Tarso é engenheiro civil e mestre em teologia. É o idealizador e organizador do Site, Palestra e Seminário Finanças para a Vida e do Projeto Educação Financeira para Todos ([email protected])

veja também