Inseminação artificial: espere o verão chegar

Inseminação artificial: espere o verão chegar

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 11:10

Se você está pensando em fazer inseminação artificial, espere um pouco mais. Sabia que a estação mais quente do ano é ideal para o tratamento? É o que diz um estudo realizado na Universidade de Liverpool, na Inglaterra .

Os pesquisadores observaram 3 mil ciclos de inseminação artificial durante 4 anos, e concluíram que os tratamentos feitos no verão são mais eficazes por causa do calor e da luz natural. Apenas 16% das tentativas realizadas em meses com menos calor resultaram em gravidez, contra 20% feitas no verão. Isso acontece porque, em outras estações do ano, as mulheres produzem menos gonatrofina, hormônio usado para estimular o ovário.

Outro hormônio ligado ao processo é a melatonina, que tem os níveis variados de acordo com a luz natural. Ela pode atuar diretamente nos orgãos reprodutores , tornando as mulheres mais férteis durante os meses com mais claridade e calor.

Para Luciano Gibram, ginecologista e especialista em reprodução humana do Hospital e Maternidade São Camilo, o verão pode facilitar o processo, mas não significa que a mulher não engravidará no inverno. “No verão, a produção de gonatrofina aumenta, por isso facilita a fertilização. Mas a mulher também tem grandes chances de conseguir durante o inverno, porque preparamos uma temperatura ambiente adequada na hora do tratamento”, diz.      

veja também