Inverno x Saúde

Inverno x Saúde

Atualizado: Segunda-feira, 9 Junho de 2008 as 12

O hemisfério sul recebe a estação mais elegante do ano no dia 21 de junho.  O fato é que, mais que modificar o guarda-roupa, o frio altera o funcionamento do organismo, pedindo cuidados especiais para quem quer tirar da temporada o que ela tem de melhor.

"No inverno, o organismo despende mais energia na produção de calor, deixando outras funções em segundo plano. Por essa razão o sistema imunológico pode sofrer prejuízos", explica o médico Leandro Vaz. Além disso, o clima frio somado à baixa umidade, propiciam o aumento das doenças respiratórias - que vão de um simples resfriado à pneumonia. "Com o ressecamento das mucosas, são comuns as infecções de vias aéreas", afirma o médico. As alergias causadas por poeira e pólen também encontram facilidades na estação.

Dr. Leandro explica que no corpo humano existem dez receptores de frio para cada um de calor, ou seja, quando esfria, liberamos mais sensores de proteção que quando esquenta. Isso porque toleramos mais o calor que o frio. "Nossa temperatura corporal é de 36,7-37oC. Basta que o corpo alcance 35oC para que se instale uma hipotermia branda, causando calafrios, cansaço, entre outros sintomas. Perdemos a consciência quando nosso corpo chega a 30oC e o coração pode parar aos 20oC", destaca o médico.

Questionado sobre o porquê de muitas pessoas ganharem peso durante o inverno, o médico é rápido na resposta. "No frio o organismo necessita de mais energia para garantir a manutenção da temperatura do corpo e essa energia é oferecida pelos alimentos. É aí se dão os excessos". Contudo, Dr. Leandro explica que aqueles que seguem uma dieta balanceada e praticam atividade física regular podem perder peso devido à termogênese (mecanismo orgânico de produção de calor) consumir 20% das calorias.

Para quem quer aproveitar os meses que se seguem em pleno vigor, Dr. Leandro dá algumas dicas. "Mantenha a hidratação com o consumo de 2 a 3 litros de água por dia; esteja atento à alimentação; pratique atividade física regular; e lembre-se também de proteger a pele com cremes hidratantes e filtro solar".

veja também