Jardim Regado - Coluna Erasmo Miranda

Jardim Regado - Coluna Erasmo Miranda

Atualizado: Sexta-feira, 13 Março de 2009 as 12

"E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam" (isaías 58:11).

Senhor, hoje o meu coração encontra-se temeroso, estou com muito medo. Sendo que, o maior de todos talvez seja não estar cumprindo a Tua Vontade para a minha vida. Bem sei, Senhor, que um dos propósitos do medo é de me paralisar no caminho que tenho que percorrer nesta jornada para que eu possa encontrar-me Contigo. Não que eu esteja paralisado, não, de forma alguma, porém, confesso que estou meio sem rumo, sinto-me cansado, parece até que ando e ando, mas não chego a lugar algum. As coisas que pareciam tão fáceis, complicam-se ao meu redor, deixando-me, em alguns momentos, desorientado.

Pai, como é bom saber que a nossa união não foi manifesta pelo temor, antes sim, pelo amor, o qual me aproxima mais e mais de Ti, em atitude de temor, em virtude do reconhecimento que tenho da Tua Soberania sobre o mundo e, em particular, sobre a minha própria vida, pois eu sou teu duas vezes: uma porque fui criado por Ti, a Tua imagem e semelhança; e outra, porque fui comprado pelo sangue precioso do Teu Filho Amado, Jesus Cristo.

Senhor, Tu me fizeste: criatura, servo, filho, irmão, esposo, pai, amigo, vizinho, colega. Quantas responsabilidades Tú tens colocado em minhas mãos.

Será que sou digno para tudo isto? Será que tenho manifestado a Tua semelhança como Tua criatura? Será que tenho me comportado como um bom servo no Teu Reino? Será que tenho honrado o Teu Nome e o nome dos meus pais como filho? Será que tenho sido confiável para os meus irmãos? Será que tenho sido amoroso e fiel para minha esposa? Será que tenho sido um pai exemplar para meus filhos? Será que tenho sido um amigo para todas as ocasiões? Será que tenho sido um vizinho solicito? Será que tenho sido um colega recomendável?

Como eu tenho medo de falhar, como sinto-me tão desabilitado, tão pequenino! Mas, alegro-me em saber que para cada responsabilidade, Tú me capacitas para cumpri-la, através do Teu Espírito Santo que habita em mim, O qual revela-me os Teus segredos, mesmo eu sendo limitado, para que eu possa ser aprovado, depois de tantas provações.

Peço a Ti, Senhor: força, ousadia e fé, para que possa continuar sem envergonhar a Ti, e também as pessoas que Tú colocastes no meu caminho, para que assim eu possa agradar a TI em todo o meu caminhar. Para que, desta forma, eu veja cumprido em minha vida e também,na vida daqueles que eu amo, as promessas de Isaías 58:

"E o SENHOR me guiará continuamente, e fartará a minha alma em lugares áridos, e fortificará os meus ossos; e serei como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam. E os que de mim procederem edificarão as antigas ruínas; e levantarei os fundamentos de geração em geração; e chamar-me-ão reparador das roturas, e restaurador de veredas para morar. Se eu desviar o meu pé do sábado, para fazer a minha vontade no Teu santo dia, e chamar ao sábado deleitoso, e o santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrar não seguindo os meus caminhos, nem pretendendo fazer a minha própria vontade, nem falar as minhas próprias palavras. Então te deleitarei no SENHOR, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do SENHOR o disse" .

Pense: Apesar dos temores que enfrentamos no nosso dia-a-dia, não deixamos de ter responsabilidades. Cabe a nós enfrentarmos os nossos temores e assumirmos as nossas responsabilidades, de forma correta, que é, antes de tudo, até mesmo de buscarmos os nossos interesses, e também, os das pessoas que amamos, agradar à Deus. E Ele se agradará de nós a ponto de não nos negar bem algum, para que possamos desfrutar, ainda aqui, neste mundo.

Ore: SENHOR, permita que eu nunca venha me afastar da Tua Santa Presença, do Teu Santo Caminho. Que eu possa Te honrar de todo meu coração; que eu possa viver os meus dias, como sendo Teus; que eu possa ouvir a Tua voz, como sendo a minha; para que os meus olham vejam o Senhor na eternidade, juntamente com os meus; no poder do Espírito Santo, em nome de Jesus, amém.

"Abençoe-nos Deus, e todos os confins da terra O temerão" (Salmo 67:7).

Erasmo Miranda de Araújo é presbítero e trabalha nos ministérios de Ação Social e Ensino.

veja também