Jogos de tabuleiro divertem toda a família

Jogos de tabuleiro divertem toda a família

Atualizado: Segunda-feira, 12 Julho de 2010 as 9:29

Do jogo de adivinhação ao de estratégica, os clássicos do tabuleiro ganharam versões modernas que prometem agradar tanto os pais quanto os filhos. Preparamos uma lista com os 10 jogos mais bacanas que você não pode deixar de ter em casa.

Os clássicos...

Lince (a partir de 6 anos)

Como está a sua visão? Você vai precisar dela para encontrar nas várias figuras dispostas em um tabuleiro às três imagens sorteadas. Nesse quesito, as crianças são mais rápidas e quase sempre ganham dos pais. O vencedor é aquele que encontrar todas as suas figuras primeiro. E, além da vitória, será o dono dos olhos de Lince...

Jogo da Vida (a partir de 8 anos)

A cada jogada do dado, uma nova etapa da vida. Neste clássico, os participantes movimentam-se com um carrinho colorido que, ao longo da disputa, ganha outros bonequinhos. Os pais podem ensinar aos filhos os desafios no trabalho, na compra de uma casa e no casamento de forma lúdica, com direito a premiações na loteria.

Banco Imobiliário (a partir de 8 anos)

Criado em 1934, o Banco Imobiliário ganhou várias versões durante os anos, entre elas, o sustentável e o júnior, dedicado para os pequenos. Os empreendedores mirins vão caminhar por um tabuleiro cheio de obstáculos e contornar várias dificuldades para conseguir o tão sonhado sucesso financeiro.

Os mais novos...

Perfil Júnior (a partir de 7 anos)

Você sabe quem é o presidente dos Estados Unidos? E o nome de um personagem animado que é feito de esponja? Se não conhece, essa é uma ótima oportunidade de colocar em prática os conhecimentos gerais dos pequenos. Por meio das 20 dicas o jogador tem que identificar a personalidade ou o local descrito. E, com certeza, você nunca vai ficar entediado tentando descobrir os 390 perfis contidos no jogo.

Imagem e Ação (partir de 10 anos)

É hora de exercitar a sua imaginação! O jogo começa quando um dos jogadores sorteia uma carta, definindo a palavra a ser adivinhada. Por meio de desenho ou mímica, nas versões mais modernas, ele dá dicas ao seu time e também ao adversário. Vence quem adivinhar primeiro antes de esgotar o tempo da ampulheta.

Picolé (a partir de 7 anos)

O jogo é baseado em cruzadinhas e ajuda a criança na aprendizagem de novas palavras. Cada vez que joga o dado, o competidor deve responder uma pergunta referente à casa que sorteou. Se ele acertar, ganha pontos. No final, o vencedor é aquele que acumular mais acertos.

Disney Scene It! (a partir de 6 anos)

À primeira vista, Scene It parece ser um típico jogo de tabuleiro. Mas, de comum ele não tem nada. A brincadeira vem junto com um DVD, nesta versão, com os filmes da Disney. Ele serve para auxiliar a criançada em alguns desafios, entre eles, lembrar cenas e personagens dos filmes.

Floresta Encantada (a partir de 6 anos)

O jogo traz um mundo encantado em que o objetivo é chegar primeiro a um castelo. No caminho, as crianças aprendem a tomar decisões. Elas podem escolher entre usar as cartas para avançarem mais rapidamente no tabuleiro, já que não há dados, ou então optar por recolher as estrelas mágicas ( e se desviar do trajeto).

Zoológico Animado (a partir de 5 anos)

Seu filho gosta de quadrinhos? Então, este é o jogo ideal para ele. Na brincadeira, cada jogador escolhe um personagem da turma da Mônica para ser o seu representante no tabuleiro. Cada um terá que alimentar os animais com a comida correta e, também, impedir o contato direto das crianças com eles . Quem for mais rápido ganha o jogo.

Enciclopédia (a partir de 10 anos)

Diferente dos outros jogos em que a vitória se baseia na estratégia ou na sorte, em Enciclopédia o ganhador vence pela lábia. Primeiro, um dos participantes escolhe aleatoriamente uma das mais de 500 perguntas de conhecimento geral e cabe a ele dar uma definição para a palavra sorteada. A explicação não precisa ser exata, desde que o competidor convença os outros participantes. Assim, seu filho vai achar mais fácil - e divertido - aprender.

Por: Julia Benvenuto

veja também