Jovens não acreditam na internet como canal de atendimento ao consumidor

Jovens não acreditam na internet como canal de atendimento ao consumidor

Atualizado: Terça-feira, 19 Janeiro de 2010 as 12

No title O telefone é o canal preferido pelos jovens, quando precisam entrar em contato com o serviço de atendimento ao consumidor. A demora é a principal reclamação da chamada "Geração Y" - nascidos entre 1978 e 1990.

A pesquisa, feita pela Bridge Research, mostrou que, apesar desse público ser usuário pesado da internet, na hora do atendimento, ele não tem paciência para escrever, enviar e aguardar a solução por e-mail.

Além disso, há insegurança por não saber se o atendente realmente entendeu a mensagem enviada. "Os entrevistados reconhecem que a internet ainda é lenda e que costuma falhar como canal de atendimento e relacionamento das empresas", disse o presidente da Bridge Research, Renato Trindade. "Eles citam também a impessoalidade no atendimento via chat ou e-mail", completou o executivo.

Destaques no SAC

As marcas mais apontadas, de forma espontânea, como as melhores no atendimento são Nextel, Sky, Samsung, Porto Seguro, Brastemp, Net, Motorola, Unilever e 156 da Prefeitura de São Paulo.

As piores são Telefonica, Claro, Vivo, Medial e MasterCard.

Informação na internet

A internet, por outro lado, é a preferida quando os jovens querem se informar. A  Geração Y está se afastando do hábito de comprar e ler jornais, substituindo-os pela TV e internet.

O motivo alegado pela maioria dos entrevistados é que esses últimos entregam a informação com rapidez e qualidade. O rádio, por exemplo, não é o preferido, mas foi apontado como útil e prático, ou seja, identificado com os valores essenciais pela Geração Y.

veja também