Madrasta e enteado podem ter relacionamento saudável

Madrasta e enteado podem ter relacionamento saudável

Atualizado: Terça-feira, 19 Agosto de 2008 as 12

Madrasta e enteado podem ter relacionamento saudável

A madrasta sempre foi vista de forma pejorativa e preconceituosa perante a sociedade, desde os contos de fadas, como o caso da Cinderela. Estas mulheres, portanto, levam a culpa quando se casam com um homem que já tem filhos, sejam pequenos ou adultos. A figura da madrasta, muitas vezes, é vista pelos filhos e parentes do marido como uma ameaça na família, a ponto de causar dúvidas quanto aos seus reais interesses. Mas será que o enteado também não tem a sua parcela de culpa quando este relacionamento não dá certo?

Segundo a psicoterapeuta Maura de Albanesi, a relação madrasta e enteado é uma situação que requer muita diplomacia e calma no dia-a-dia para que desentendimentos fúteis sejam evitados. "O enteado tem que entender e aceitar que seu pai tem uma esposa. Já a madrasta, de forma alguma  pode querer interferir no relacionamento do pai e os filhos, pois esta invasão é o que causa mais aborrecimento por parte dos filhos, já que eles, muitas vezes, não a vêem como parte da família", explica a psicoterapeuta.

Quando o enteado ainda é uma criança, a missão da madrasta de conquistar os filhos do companheiro fica mais fácil, pois ela vai educar e direcionar o menor de acordo com os princípios mútuos dela com o marido. Quando, no entanto, a mulher se casa com um homem que já possui filhos adultos, a convivência é perigosa. A madrasta já não consegue impor sua forma de educar e cuidar da casa sem o aval do marido e dos filhos.

Viver em uma casa com brigas e desconfianças é uma difícil e dolorosa situação para todos que a habitam. A psicoterapeuta, porém, afirma que tudo é questão de amadurecimento e respeito à intimidade de cada um. "A madrasta de forma alguma deve se comportar como se fosse a verdadeira mãe dos filhos do marido. Ela precisa conquistar a confiança deles como uma amiga e nunca forçar uma situação para que o enteado a aceite. Isso vai acontecer naturalmente quando ele sentir confiança nela.

O marido, precisa conduzir este relacionamento com muita sinceridade com a esposa e com os filhos, dizendo para eles o que cada um representa na vida dele e, se possível, tudo que for relacionado a herança deixar definido e bem esclarecido para todos, pois este é também um dos grandes motivos que causam desavenças nesta relação", finaliza a psicoterapeuta.

veja também