Madrinhas investem em casamentos e têm despesas tão altas quanto as noivas

Madrinhas investem em casamentos e têm despesas tão altas quanto as noivas

Atualizado: Terça-feira, 8 Dezembro de 2009 as 12

O dia do casamento é o mais esperado para quem passou meses se preparando para o evento. Não à toa, noivas costumam investir pesado não apenas no vestido, mas também em tratamentos de beleza, cabeleireiro e maquiagem. Para estarem a altura de tal beldade, as madrinhas começaram a participar dos mesmos rituais, e agora aproveitam as regalias que antes eram só a noiva para estarem belas ao lado do altar.

Em nome da amizade, da beleza e de um desconto (tratamentos em grupo sempre têm), elas invadem cabeleireiros e spas, promovendo festinhas antes grande festa para ficarem lindas. A procura aumentou tanto que já mudou a rotina e a arrumação dos salões, informa a reportagem da VEJA.

Há dois meses, o paulistano MG Hair passou a reservar quatro salas aos sábados para grupos de mulheres que de lá saem prontas para irem à cerimônia. "Em novembro, batemos nosso recorde: num único dia, doze noivas, com pelo menos quatro acompanhantes cada uma", comenta Graça Teixeira, contratada pelo salão para se cuidar só desta demanda.

No salão carioca Care, que tem endereços no tradicional hotel Copacabana Palace e em Ipanema, o movimento de noivas e madrinhas que aparecem juntas triplicou em 2008. Segundo a proprietária, Ivani Werneck, ela chega a aumentar em até 30% o time de profissionais que cuidam desta área. "Depois de prontas, muitas vezes a diferença entre as madrinhas e a noiva se resume ao véu e grinalda", afirma.

Foi na filial do Copa que a estudante de psicologia Juliana Pereira da Silva, 24 anos, juntou nove madrinhas em outubro para alguns tratamentos. O grupo recebeu massagens revigorantes, sauna e banhos; depois passaram ao cabeleireiro. Nos intervalos, esvaziaram dez garrafas de champanhe. "Foi fundamental deixar o stress para trás e entrar no clima da festa. Fizemos até um pacto: todas vão repetir a dose quando forem se casar", diz Juliana. Este pacote de luxo para dez pessoas sai por 3 000 reais, fora os serviços de cabeleireiro e as bebidas, pois o único drinque incluído é o de chegada.

A honra de participar da cerimônia tão de perto tem seu preço. "Tem de ser muito amiga da noiva, porque sai caro. Mas a gente se sente especial quando isso acontece e capricha mesmo", diz a coordenadora de eventos paulistana Karina Barbosa, que participou de quatro casamentos este ano e gastou, em média, 3 000 reais por festa. No último, Karina e as madrinhas fizeram bronzeamento artificial antes da cerimônia. No dia, as oito se arrumaram juntas em um salão, onde fizeram maquiagem e penteado por 400 reais cada pacote.

Na clínica da dermatologista Karla Assed, no Rio de Janeiro, as consultas por conta de casamentos alheios também cresceu: cerca de 15% das novas pacientes serão madrinhas. Os tratamentos mais pedidos são aplicações de Botox no rosto, peeling de cristal para fechar os poros e máscaras com substâncias que alisam a face durante algumas horas. Tudo em nome de não fazer feio ao lado da noiva.

veja também