Mãe não consegue reconhercer as próprias filhas por causa de doença

Mãe não consegue reconhercer as próprias filhas por causa de doença

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 11:25

A americana de Iowa Tara Fall tornou-se incapaz de reconhecer a sua própria família depois de um AVC que danificou parte do seu cérebro. O problema, conhecido como prosopagnosia (ou popularmente “cegueira para feições” ) , faz com que ela não consiga identificar rostos, por mais que os tenha visto várias vezes. Assim, nem mesmo as duas filhas são reconhecidas por ela, segundo noticiou o jornal Daily Mail .

No programa de televisão Today , exibido pela rede NBC, a mulher, que é dona de casa e cujo marido está no exterior servindo a Marinha, conversou com a médida Nancy Snyderman para explicar como lida com a situação. Segundo Tara, ela decora as roupas com que veste as filhas pela manhã . Quando busca as crianças na escola, é dessa forma que ela as reconhece. "Também identifico as pessoas pelas jóias que estão usando, por exemplo.Qualquer coisa que não seja um rosto ajuda no reconhecimento", explicou a americana. Porém, em lugares muito movimentados, a tática pode falhar e deixá-la confusa.

Ela também disse que normalmente consegue encontrar as filhas por um processo que chama de " inclusão e exclusão ". Funciona assim: Tara que sabe que precisa de duas meninas, que uma delas é loira e que sempre estarão juntas!

A história da americana com a "cegueira das feições" começou quando ela tinha 27 anos e precisou passar por uma cirurgia para curar a epilepsia . Embora os médicos tenham conseguido com sucesso remover o tecido cerebral que causava as convulsões, no final do procedimento a mulher sofreu um derrame, o que causou a prosopagnosia. Segundo a Dra. Snyderman, o problema de Tara não tem cura.

Justin Feinstein , neuropsicólogo da Universidade de Iowa e especialista em prosopagnosia, explicou no programa de televisão que a parte do cérebro dela danificada pelo AVC é a razão pela qual ela não reconhece os rostos das pessoas, mesmo os famosos. Quando ele mostrou a Tara uma foto do presidente norte-americano Barack Obama jogando basquete, ela não foi capaz de reconhecê-lo por conta das suas vestimentas atípicas.

Mesmo assim, Tara é otimista em relação à vida e sempre procura pelo lado bom das coisas. "Eu não identifico os rostos das minhas filhas, mas quando as pego na escola, elas seguram minha mão e dizem 'obrigada'. Eu não preciso de mais nada", afirmou a mulher ao Today .

veja também