Mãe também dorme depois de nascimento de bebê

Mãe também dorme depois de nascimento de bebê

Atualizado: Segunda-feira, 22 Março de 2010 as 12

O cansaço materno nos primeiros meses de vida do seu pequeno não se deve à privação de sono, e sim a uma fragmentação do seu tempo de repouso. A revelação vem de uma pesquisa americana realizada na Universidade de West Virginia. O trabalho foi apresentado esta semana durante o encontro internacional sobre distúrbios do sono, Sleep 2009, em Seattle, Estados Unidos.

"As participantes da investigação demonstraram fadiga e cansaço, mas relataram poder dormir e acordar na hora em que desejavam", diz uma das autoras da tese, Megan Clegg-Kraynok. Em outras palavras, isso significa que as mães não sofrem por passar poucas horas de olhos fechados ou por causa dos horários errados em que se deitam e se levantam. O real motivo da exaustão é, na verdade, o sono fragmentado pelo número de vezes que acordam no meio da noite.

A exceção se dá para as mamães de múltiplos e para as que têm outro filho. No primeiro caso, o número de horas de repouso é mesmo inferior porque os bebês nem sempre resolvem pedir atenção juntos. No segundo, a explicação é que as mulheres podem acordar antes do desejado porque o primogênito já possui sua própria rotina. Ou seja, vai despertar nos horários de sempre mesmo que a mãe tenha varado a noite cuidando do irmão ou da irmã. Vale lembrar que a recomendação para os adultos são de sete a oito horas de sono por dia.

veja também