Mais um dia da Mulher - Coluna Marilene Ayalla

Mais um dia da Mulher - Coluna Marilene Ayalla

Atualizado: Segunda-feira, 9 Março de 2009 as 12

Há motivo para comemorar?

Conseguimos a tal invejada igualdade?

Ainda ganhamos menos que os homens, ainda acumulamos jornada de trabalho exaustiva; ainda há discriminação para conosco, de todas as formas.

Racial, por idade, intelectual, social.

Nossa imagem tem sido cultivada de forma a sermos dondocas, socialites, lindas, esculpidas quer pela ginástica, quer pela plástica.

Nossas meninas aprendem um ritual de "beleza" que as massifica, sexualiza em tenra idade... E se tornam mães-meninas, modelos e atrizes infantis...

Estatísticas mostram um aumento da violência contra as mulheres.

Somos feridas gravemente, morremos de forma cruel ainda em "defesa da honra"; ainda em "nome do amor."

A cada 40 segundos no mundo, uma menina é violentada física e emocionalmente, geralmente por pessoas da família, vizinhos, alguém em quem confia.

Conversando com mulheres de todas as idades, ouve-se o desejo que elas têm de serem respeitadas, tratadas com carinho, gentilmente.

Em meio ao consumo a que nos levou a independência financeira, não compramos os itens acima em shoppings, magazines e nem pela internet.

Isso me leva a refletir sobre Provérbios 31,10 a 31 que nos fala da Mulher Virtuosa, aquela que é sábia, edifica sua casa.

Temos tanto materialmente, mas falta-nos a Palavra do Senhor, aquela que é luz para nossos caminhos neste mundo tão confuso atualmente. Lâmpada para nossos lares, esteio para a família onde a Mulher é a coluna.

"Enganosa é a graça, fugaz a formosura;

A mulher que teme ao Senhor merece ser louvada.

Cantai-lhe pelo êxito de suas mãos, e nas portas louvem-na suas obras!"

(Provérbios 31,30 a 31)

Marilene Ayalla é psicóloga clínica com larga experiência em atendimento individual e em instituições e empresas, acredita que a Psicoterapia é instrumento valioso de reformulação do ser humano, com suas próprias emoções e comportamentos.  

*Marilene Ayalla atende em clínica particular com hora marcada pelo telefone 11- 5536-0764.

veja também