Malhar ao ar livre é estímulo para a vida saudável

Malhar ao ar livre é estímulo para a vida saudável

Atualizado: Quinta-feira, 28 Agosto de 2008 as 12

Você está cansada da rotina da sua academia? Não tem mais paciência para enfrentar a superlotação de algumas delas? Está sem dinheiro para bancar a mensalidade ou sem ânimo para freqüentar uma? Mas mesmo assim não quer deixar de praticar exercícios para manter a boa forma? Então uma ótima opção é fazer atividades físicas ao ar livre. E, acredite, esse método pode ser muito benéfico para o seu organismo.

Nada melhor do que parques ou locais arborizados para praticar exercícios. Segundo o personal trainer José Alexandre Filho existem vários fatores favoráveis a prática de atividades físicas ao ar livre. "Nesses tempos difíceis de poluição e baixa umidade do ar, fazer exercícios em locais de sombreamento (proporcionados pelas árvores) e preferencialmente às margens de lagos ou fontes ajudam muito na oxigenação porque o verde retém partículas de poluição e gás carbônico e produz oxigênio", diz.

Além disso, a maior umidade proporcionada pela evaporação das fontes de água ajuda a manter a hidratação corporal em níveis saudáveis para o corpo em movimento, evitando a transpiração excessiva e efeitos nocivos da hipertermia (temperatura do corpo elevada, relacionada à incapacidade de promover a perda de calor ou reduzir a produção de calor).

E os benefícios não param por ai, não. De acordo com o personal, quando a pessoa está em movimento, o contato com o ar aumenta a eficiência da termo-regulação corporal e a exposição aos raios do sol (lembrando que o das 11h às 16h deve ser evitado) aumenta a absorção do cálcio. O contato com a natureza também proporciona uma melhoria na produção de seretonina, o hormônio da felicidade.

Você pode fazer caminhadas, corridas ou andar de bicicleta. Essas são ótimas opções cardiovasculares recomendadas por José. Mas também pode praticar exercícios musculares, como alongamento e atividades com o próprio peso corporal, como agachamentos e afundos, que trabalham glúteos e pernas, flexão de braço e barras, que trabalham o tronco e braços, além de fazer abdominais. "Qualquer banco ou escada tornam-se eficientes steps", diz o personal.

Para garantir melhores resultados o indicado é procurar orientação profissional e fazer avaliação clínica. Usar roupas leves, calçados adequados e estar com o corpo e a pele bem hidratados e protegidos também são boas dicas. "O ideal é fazer hidratação antes, durante e depois da atividade", diz Rubens Ramos, personal trainer da Reebok Sports Club.

Portanto, não tenha dúvida, pratique exercícios com qualidade de vida! E seja criativo, "porque com alguns pequenos apetrechos, como elásticos, caneleiras e halteres, você pode reproduzir qualquer movimento biomecânico dos equipamentos modernos das academias", completa José.

veja também