Medo do Papai Noel

Medo do Papai Noel

Atualizado: Quarta-feira, 24 Novembro de 2010 as 12:07

O cineasta Fernando Sanches levou seu filho, Pedro, de apenas um ano e um mês, para tirar foto com o Papai Noel em um shopping paulistano, nos últimos dias.

Quando chegou a vez do pequeno, pai, mãe, avó e avô acompanharam-no para perto do bom velhinho fantasiado. Tudo estava dentro do esperado, até a hora em que o "homem de vermelho" pegou Pedro no colo --e o pequeno começou a chorar e não parou tão cedo.

A avó paterna do menino, Angélica, pedia ao filho que tirasse o bebê de lá, enquanto todos riam. Mas o pai não deixou ninguém se mexer. "Eu queria tirar fotos! Achei bem engraçada a cena do Papai Noel segurando um bebê chorando", explica Sanches. A foto revela um comportamento comum a crianças pequenas na época do Natal: o medo do Papai Noel.

Para a psicóloga Beatriz Amaral, o pavor é uma reação normal das crianças frente ao desconhecido. "Nesta época, os pequenos ainda misturam muito fantasia e realidade. Eles não entendem o que é o Papai Noel, da mesma forma que alguns não entendem o palhaço e também morrem de medo", explica.

Se você quiser ajudar seu filho a passar por cima do receio, a psicóloga dá algumas dicas. "É importante não forçar o encontro entre os dois. Na maioria das vezes, os pais criam uma grande expectativa para ver o bebê com o Papai Noel e não percebem que, se forçarem, a criança pode acabar ficando traumatizada", aconselha.

Existem também algumas atitudes que podem ser feitas antes do encontro. "Vale mostrar imagens do velhinho, para que a criança já vá se familiarizando, além de ressaltar como ele é bonzinho e amigo", recomenda.

Mas o mais importante é controlar as expectativas e aguardar que o pequeno vá perdendo o medo conforme for crescendo. Enquanto a criança cresce, ela começa a separar o real do fantasioso, e esse pavor vai acabar naturalmente.

veja também