Mulheres controladoras devem aprender a delegar, diz especialista

Mulheres controladoras devem aprender a delegar, diz especialista

Atualizado: Segunda-feira, 5 Dezembro de 2011 as 3:10

Organizar agenda, pagar contas, limpar, guardar, mas tudo do jeito dela. As mulheres possuem a tendência de querer controlar tudo, ainda mais as casadas, que pensam que podem fazer tudo melhor que o marido. Esse jeito perfeccionista – aos seus olhos – pode trazer consequências em seus relacionamentos, e na saúde mental e física.

Segundo a psicóloga Marina Vasconcellos, agir desta forma faz parte da natureza da mulher, mas ela deve aprender a delegar. “Por ser mais detalhista e atenta, ela pensa que faz tudo melhor do que as outras pessoas, mas não é isso, ela tem que aprender que cada um tem o seu jeito de chegar ao resultado.”

Mesmo sendo um aprendizado difícil para quem possui uma natureza controladora, a mulher acaba por sentir na pele as consequências. “Ela começa a não dar conta de todas as atividades, fica estressada e sobrecarregada com tanta responsabilidade. Em algum momento este peso todo aparece de alguma forma, seja no corpo, na mente ou no emocional”, explica Marina.

Para quem convive com alguém assim é difícil aguentar, pois somente terá dois caminhos a seguir. “Ou vai folgar, deixar a mulher fazer tudo o que quer, ou vai se posicionar e desejar fazer alguma parte. Esta é, sem dúvida, a atitude de melhor bom senso, já que a falta disto pode causar um desequilíbrio na relação.”

E este relacionamento não é somente entre homem e mulher, mas também entre amigos, mães e filhos. Independentemente disso, tudo deve ter um limite. “Pais que invadem o casamento do filho devem ser controlados, e esta é uma situação muito delicada, mas que deve ser falada, já que o invasor não percebe que está invadindo e, se isso não for brecado, nunca vai mudar”, esclarece a psicóloga.

Para ela, é possível atenuar este jeito controlador, aprendendo a relaxar. “Para isso, a mulher tem que ter consciência de que age assim, pensar nas consequências, aprender a delegar e até mesmo abrir mão de algumas coisas, não se comprometendo com o resultado dos outros. Também é importante fazer algum exercício físico para relaxar ou liberar o estresse, isso ajuda muito.”

veja também