Namoro à distância

Namoro à distância

Atualizado: Terça-feira, 16 Junho de 2009 as 12

No Dia dos Namorados os sentimentos ficam à flor da pele. Por todo lado ouvimos histórias de amor e tudo o que se quer é ficar ao lado de quem se ama. Entretanto, infelizmente, algumas barreiras podem impedir um casal de estar junto em muitas datas especiais. Mas, quando existe amor verdadeiro e muita determinação, a união não pode ser afetada pela distância. Essa é a lição que Danilo e Carolina nos ensinam após passar um ano e meio afastados por questões profissionais. Agora eles comemoram a oportunidade de estarem unidos novamente.

Foram dois anos de namoro até receberem a triste notícia de que Danilo, militar carioca, seria transferido para o Rio Grande do Sul. "No momento em que fiquei sabendo só conseguia pensar na vida que eu teria que abandonar aqui, mas não podia me negar a ir. O pior foi falar com ela, mas graças a Deus ela só fez me apoiar. Percebeu que eu estava passando por um momento muito difícil e tudo o que queria era contar com a compreensão dela, minha grande companheira", conta Danilo.

No período em que ficou afastado, o casal utilizou todos os artifícios possíveis para amenizar a saudade. "A internet era nossa grande aliada. Depois de gastar uma fortuna com interurbano, resolvemos esquecer o telefone. Mas acabou sendo a melhor opção mesmo. Passávamos madrugadas inteiras conectados, como se assim a distância fosse diminuindo aos poucos", relembra Carolina.

Depois de muita luta, Danilo conseguiu uma transferência para o Rio de Janeiro e pôde se casar com a moça, realizando o sonho de constituírem uma família. Hoje, casados e com dois filhos, nada mais afasta esses eternos namorados. "Não foi fácil, mas lembro de um dia em que, teclando, ela me disse: 'Vou te esperar até o fim'. Ali percebi que nada poderia abalar o nosso amor e que eu faria de tudo para estar ao lado dela novamente", se emociona o rapaz.

veja também